A Rotina de Sono da Julia

nhoin <3

nhoin <3

Postei hoje no instagram uma foto da Julia, comentando que depois de 2 semanas dormindo a noite inteira, ela acordou nessa madrugada – gargalhando e “falando”, super acesa – e eu estava um caco (porém mais apaixonada ainda). Recebi muitas perguntas sobre como faço a rotina do sono dela e resolvi escrever aqui algo mais completo.

Mesmo que eu sempre frise que cada bebê é diferente do outro, eu fiz questão de repetir o que eu fiz quando a Laura nasceu pois deu certo naquela época – e está dando certo hoje.

A DICA MAIS VALIOSA

Diferenciar o dia da noite é, sem dúvida, ESSENCIAL. Essa dica eu já tinha dado no 5º vídeo de amamentação do “Diário” (esse). Durante o dia, deixe as persianas/cortinas abertas, deixe os ambientes iluminados com a luz do dia para que fique claro que ainda não é o período de sono longo, mesmo que suas cochiladas sejam longas. Deixe os “barulhos da casa” acontecerem normalmente, sem fechar a porta do quarto, deixar a tv quase inaudível ou pedir para as pessoas cochicharem. Isso, inclusive, será ótimo para que o bebê lide bem com lugares mais movimentados, consiga cochilar quando estiver passeando e até em alguma festinha, almoço de família.

De noite, a coisa muda completamente: o ideal é que o bebê já mame no escuro (deixo acesa apenas a luz do corredor e a porta entre aberta, para entrar o mínimo de luz possível – só para que eu consiga me movimentar pelo quarto depois de colocá-la no berço) e que haja o máximo silêncio que der, para que fique bem claro que é hora de dormir. Fechar persiana/cortina vai de cada um pois, mesmo não tendo necessidade (já que o dia amanhece, a luz entra e fica claro que é hora de acordar), há quem prefira deixar fechado até que o bebê acorde, prolongando assim o quanto der do soninho dele.

De dia é assim, na sala comigo, com a luz do dia normalmente iluminando e os sons da casa rolando.

De dia é assim: comigo na sala, com a luz do dia normalmente iluminando, os sons da casa rolando (tv, inclusive) e trabalhando ao lado dela.

OBSERVE O “HUMOR” DO SEU BEBÊ

Vou escrever um outro post sobre isso, mas já quero deixar aqui essa informação: nem todo choro é fome. Nem todo choro deve-se levar o bebê para o peito. E, não sendo fome ou cocô incomodando na fralda, provavelmente é sono. O bebê e a criança, em sua maioria, brigam com o sono, daí ficam irritadas por não cederem ao sono e, por consequência, não conseguirem dormir.

Essa dica eu também já tinha citado no 10º e último vídeo do “Diário de Amamentação” (esse): observe o “humor” do seu bebê. Claro que isso é difícil quando o bebê tem cólicas/gases e está sofrendo com isso nos primeiros 2 meses. Julia teve e seus ápices de dor eram no fim da tarde, o que fazia com que a gente começasse a rotina do sono por volta das 18:30/19hs (preferencialmente quando meu marido chegasse pois ele ama esse momento do banho). Quando as cólicas cessaram, ela passou mesmo a ficar mais “chatinha” ou chorosinha por volta desse horário e percebemos que era mesmo ela mostrando cansaço. Lembrando que chorosinha é BEM diferente do choro doloroso e mais alto das crises de cólica. Ou seja, Julia nos “mostrou” que horas ela cansava.

A ROTINA DO SONO

Mesmo que seu bebê esteja em livre demanda, observe qual é a primeira mamada noturna dele (à partir de 18:30hs). Baseado na hora que foi a última mamada, GERALMENTE a mamada seguinte vem de 3 a 4 horas depois dela. Quando sentir que o bebê já começou a reclamar para essa mamada noturna, comece o ritual de banho. Bebês gostam e PRECISAM de rotina (não estou falando sobre amamentação aqui, estou falando da rotina diária). Vou usar de exemplo a nossa rotina, baseada nos horários que a Julia segue:

19hs – Preparo da banheira morninha/quentinha (o ideal é 37 graus).

19:15hs – Banho quentinho, relaxante (mesmo que o bebê ame chutar a água, fazer bagunça, seu toque ao lavá-lo e a água morninha/quentinha fazem esse momento ser relaxante).

19:30 – Troca (e durante a troca eu passo hidratante no corpinho dela, ajudando a relaxar ainda mais – além do carinho <3) seguida de mamada NO ESCURO, com o mínimo de barulho possível e porta entre aberta (deixo a luz do corredor acesa).

Geralmente Julia dorme mamando (mama em torno de 40 minutos) e eu a coloco no berço. Só coloco para arrotar no ombro se ela se mostrar incomodada, agitada. Se ela arrota, coloco-a de volta no peito para ter certeza que acabou e ela acaba adormecendo.

Entre 0hs e 0:30hs – MAMADA DOS SONHOS. Pego a Julia dormindo no berço e coloco no peito SEM ACORDAR. Ela mama dormindo, para quando satisfeita e eu a coloco no berço de volta, sem trocar ou acordar. Se estou muito cansada, tiro com a bomba o leite para essa mamada dos sonhos e meu marido dá na mamadeira, do mesmo jeito: sem trocar ou acordar a pequena.

Depois de alguns dias fazendo isso, ela começou a emendar até 7hs, 7:30hs da manhã. Nos dias em que ela ainda acordava por volta das 4hs ou 5hs da manhã, eu amamentava no escuro, só com a luz do corredor acesa e a porta entre aberta, para que ela “entenda” que ainda não é hora de acordar.

Chupeta: aqui casa é só de dia.

Chupeta: aqui casa é só de dia.

TOQUES MEUS:

– Shantala: às vezes faço da Shantala parte dessa rotina, então começo a massagem às 18:30 e sigo para a rotina acima.

– O Shampoo é cabeça aos pés, por praticidade e porque amo o de Recém Nascido da Johnson’s que é assim. A loção Hidratante é da mesma linha, Recém Nascido. Ambos desenvolvidos para o bebê desde o primeiro dia de vida.

– Aroma relaxante: coloco gotinhas da Colônia Johnson’s Hora do Sono (a roxinha) no LENÇOL que cobre o colchão e também uma gotinha POR CIMA DO PIJAMA, na altura da barriga. Por que não passo na Julia? Porque, além da linha Hora do Sono ser apenas para bebês acima de 6 meses, a pediatra da Laura pede para que colônias/perfumes (mesmo quando desenvolvidas para bebês) só sejam aplicados na pele depois de um ano. Ela manda, eu obedeço hahaha

– CHUPETA: mesmo que Julia esteja usando chupeta ao longo do dia como maneira de ajudar a cochilar quando ela luta como sono (eu tiro da boca 5 minutos depois que ela cochila), eu nunca ofereço de noite, na hora de dormir, para que ela consiga dormir “sozinha” e não dependa da ajuda da chupeta nessa hora (nem chore no meio da noite quando a chupeta cair da boca).

Os produtos que uso, confio e amo.

Os produtos que uso, confio e amo.

CALMA, QUE NADA É IMEDIATO.

– “Meu bebê chora no banho, não sinto que ele relaxa” – MUITOS bebês (e incluo a Laura e a Julia quando escrevo isso) demoram um pouco para curtir o banho. Ambas choraram durante o primeiro mês, principalmente. Ficar peladinha, entrar em contato com a água, estar apoiada apenas pelo braço de um dos pais…Isso pode ser estranho no começo, depois acostumam, relaxam e logo logo estão te deixando encharcada de tanto que chutam e fazem farra na banheira hahaha

– “Meu bebê continua acordando no meio da madrugada” – Não é imediato, a rotina leva uns dias para a adaptar. Laura dormia a noite inteira com 2 meses. Julia só “entendeu” com 3 meses. Ela continuava acordando às 4hs pra mamar e depois às 8hs. Quando fez pouco mais de 3 meses passou a emendar o sono e, depois da mamada dos sonhos, acordar somente lá pelas 7hs/7:30hs.

 

Espero que essas dicas ajudem vocês <3 Não esqueçam de abrir a persiana/cortina quando o bebê acordar de manhã e seguir o dia com os “barulhos normais da casa” para que ele entenda a diferença do dia e da noite. Isso é essencial.

Beijokas

P.S.- Embora eu seja Embaixadora Johnson’s, esse post não é um publieditorial. Ele surgiu hoje depois de eu ler comentários perguntando sobre a rotina do sono da Julia e descreve exatamente o que eu faço desde que a Laura era bebê, 4 anos atrás. Os produtos são realmente os que eu uso e confio. #BaseadoNaMinhaExperiência

Comente!

  • Renata Schmitd Lessa

    Mari, muito obrigada por compartilhar a rotina de suas pequenas. Estou com minha bebe com 10 dias e queria muito introduzir uma boa rotina de sono nela (ainda que saiba que esse inicio ainda é bem caotico). Como vc fazia quando elas eram RN? Usava a mesma rotina? Mesmo pequenas vc não trocava a frada durante a noite? Meu dilema do arroto tb persiste: as vezes ela esta dormindo tao bek que morro de do de por pra arrotar. Mas a consciencia pesa na hora que me lembro do choro doido por conta dos gases. Desculpe a quantidade de perguntas, mas mae de primeira viagem ja viu ne 🙂

  • Priscilla Cunha

    Mari, tudo bem?
    Adoro seus posts, meu Davi chega em agosto e curto muito o que você posta.
    Me tira uma dúvida… depois da mamada dos sonhos você não coloca ela para arrotar? Não tem receio de refluxo / sufocamento?
    Obrigada <3 Bjs

  • Iris Rodrigues

    Amei te encontrar,sou nova e mãe de primeira viagem,nao sei nada e vivo de pesquisas,meu filho chega em agosto e realmente tava pensando em como eu faria a rotina dele… Mari você me deu uma luz, agradecida!!

  • Cintia Raphael Martins Ozório

    Querida, parabéns pela rotina! Só tome cuidado com chupeta e mamadeira. Se a sua bebê mama no peito, elas podem causar confusão de bicos e acabar desmamando precocemente. Se em algum momento a sua bebê começar a ficar irritada no peito, jogar o corpo para trás na hora da mamada ou se seu leite começar a secar, fique alerta! Qualquer dúvida que tiver, entre no Grupo Virtual de Amamentação (GVA) do Facebook.

  • Nailene Lima

    Olá, adorei suas dicas! Meu bebê ainda tá longe de nascer mas tô tentando me preparar pra quando ele chegar, bjs

  • Írian Sambinelli

    Olá, estou aprendendo com vc, pois estou cuidando da Ana Clara, 01 mês e meio de vida, sua mãe faleceu em decorre de um infarto fulminante aos 35 anos, Ana nasceu dia 03 e a mãe dela faleceu dia 10. Estou aprendendo muito com você, pois tenho 40 anos, não tenho filhos e não sei nem dar banho ainda! OBRIGADA POR TUDO!

  • Jessica Gusmão

    Oii Meninas pra quem é mãe de primeira viagem e não sabe como arrumar a bolsa de maternidade do seu bebê neste video eu dou uma dica assistam la https://www.youtube.com/watch?v=CgQ7LRf5QM0 Obrigado e boa sorte pra todos !

  • Miá Mello

    sempre que tenho uma dúvida corro pra cá e nunca me decepciono! ?

  • julia coelho

    descobri que vou ser mãe há 2 semanas atrás.. ainda estou “digerindo” essa novidade. Tudo muito novo, ainda bem perdida com as emoções e sensações do corpo, mas resolvi ler os posts do blog e estou encantada e me imaginando exatamente como você faz! Estou amando!! Obrigada pela ajuda do seu blog.