Chupeta, dedo…

 

Foto: ThinkStock

Quando eu fiz a lista de Chá de Bebê, lá estava o item: chupeta. Fase 1, fase 2… Eu achava que era óbvio, que todos os bebês chupavam chupeta. Pois bem, Laura até agora só com muita luta. E porque a luta, você me pergunta? Porque simplesmente não deixa sem chupeta? Porque, pior do que chupar chupeta, dizem as pessoas, é chupar o dedo… E adivinhem: Laura pegou o dedo semanas atrás.

Cheguei a levar a chupeta na malinha da maternidade, mas achei que era cedo demais e nem tentei dar lá. Depois, quando tentei, a chupeta já dava ânsia nela. Comprei os mais diversos modelos, marcas e tipos de chupetas (para recém nascidos, ortodônticos e etc…) e a única que ela pegou foi uma chamada Physio da Chicco. Mesmo assim, eu tenho que ficar segurando e logo ela empurra com a língua. Apenas um dia, na semana passada, ela engatou na chupeta e ficou quase o dia todo. Isso foi porque ela estava dormindo só com o dedo na boca e, quando ela colocava o dedo, eu tirava e enfiava a chupeta. Foi árduo e deu certo, mas logo no dia seguinte já não rolou.

E porque eu preferia que fosse a chupeta? Porque é mais fácil de tirar depois… Você vem com a história do “entrega a chupeta pro passarinho/Papai Noel/Coelhinho da Páscoa e ele te traz uma boneca” e pronto, lá se vai a chupeta. Já o dedo está ali, acessível, grudado na mão e, até mesmo dormindo, encaixa na boca automaticamente…

E sabe o que é pior? É fofo. É muito bonitinho ver sua filha chupando o dedo. No caso da Laura, ela busca o dedo APENAS para dormir. Assim que dorme, o dedo cai da boca. E ao longo do dia ela não fica chupando o dedo, é só pra dormir mesmo, ou seja, é uma forma de relaxar. O dedo entra na boca, os olhinhos reviram, ela dorme, o dedo cai da boca. Fim.

Passei a procurar textos sobre isso para tirar essa neura da minha cabeça. Afinal, deixá-la estressada, tirando o dedo da boca, valeria a pena? E todas as vezes que ela colocaria na boca quando está lá atrás na cadeirinha do carro ou no berço antes de dormir sozinha ou passeando no carrinho antes do cochilo? Imagina eu, aloka fiscal do dedo da filha, correndo pra tirar o dedo e enfiar uma chupeta ou apenas tirar mesmo e impedi-la de dormir? Até aonde isso vale a pena?

No Livro “O Que Esperar Do Primeiro Ano” (SandeeHathaway, Heidi Murkoff e Arlene Eisenberg)  li esse trecho:

“No começo você pode pensar que o hábito é bonitinho, ou até ficar grata que seu filho tenha encontrado uma forma de se acalmar sem a sua ajuda. Depois com o passar das semanas e a intensificação do hábito, você começa a se preocupar, imaginando seu menininho indo pra escola com o polegar enfiado na boca (…). Será que você terá de fazer viagens mensais ao ortodontista para o trabalho necessário de corrigir a mordedura deformada pelo chupar do dedo ou, pior do que isso, viagens semanais ao terapeuta para tentar descobrir os problemas emocionais subjacentes que o levam a chupar o polegar?

Bem, pare de se preocupar e comece a deixar que o bebê se satisfaça. Não existem provas de que chupar dedo seja em si um sinal de necessidade emocional. Nem – se o hábito cessar aos 5 anos – parece causar algum dano ao alinhamento da dentição permanente; qualquer distorção da boca que ocorra antes dessa época volta ao normal quando o hábito termina. Uma vez que a maioria das crianças em geral deixa o hábito de lado entre os 4 e os 6 anos, muitos especialistas dizem que as tentativas de tirar o polegar da boca do bebê não precisam começar antes disso.

(…) Alguns bebês desistem de chupar o dedo até o 12° mês, quase 80% desistem até os 5 anos e 95% aos seis anos, em geral sozinhos. Aqueles que o usam para ajudar a dormir ou se confortar em épocas de estresse prendem-se ao hábito por mais tempo do que os que simplesmente fazem dele uma forma de recompensa oral.”

Fiquei mais tranquila e, na última consulta com a pediatra da Laura citei esse texto. Ela disse que 6 anos também é muito mas que sim a maioria larga o dedo antes disso e que não preciso entrar em neura nenhuma por causa disso agora. Assim como o livro, ela me tranquilizou e disse para deixar que ela relaxe dessa maneira agora e que, se chegar o momento em que for preciso se preocupar, ela me avisa. UFA! Talvez eu até volte a insistir a chupeta mais um pouquinho mas, agora um pouco mais tranquila se não rolar…

Fico vendo os bebês com chupetas, olhando a gaveta da Laura cheia delas e pensando: poxa vida… Mas, né? Cada bebê é um bebê… E que se vive um dia de cada vez. Não sei se Laura largará o dedo com um ano, com 3 ou com 5. Se será fácil ou difícil “tirar o dedo dela”, se largará sozinha ou não. Só sei que HOJE, nesse momento, mal não faz. Pelo contrário: ela relaxa e dorme em segundos quando coloca aquele dedão na boca. Com o auxílio da minha pediatra e, futuramente, da dentista da Laura, eu saberei se precisarei me preocupar com esse dedão lindo dela. Chega de sofrer por antecedência nesse quesito. Bora pro próximo! Hahahaha

Um dia após o outro…

Esse material foi produzido para publicação em Veja SP

Comente!

  • Amanda

    E eu que achava que o “problema” era apenas com meu bebê de (5 meses), apesar de ter lido e ver que não tem maiores problemas com esse hábito, confesso que não consigo ficar relaxada, e sou sim a fiscal do dedo..rssrsr mas que ele adora, ahh isso sim, e ele chupa o indicador e o médio de uma vez só…é torcer para que não seja uma dificíl missão desabituá-lo no futuro…

  • http://gravidezdamari.blogspot.com.br/ Mari

    Isso mesmo, relaxa! Eu chupei o dedo até os 6/7 anos e nunca tive que usar aparelho! Só agora, depois de véia, que eu to fugindo da dentista que quer me colocar um.
    Beijos,
    Mari, mãe da Catarina que quer ganhar uma “Laurinha” só pra ela 😉

  • Mariana

    Meu filho tem 1 ano e alguns dias e também nunca pegou chupeta, só o tal dedo. A parte chata é que as pessoas são insuportavelmente invasivas e ficam te condenando eternamente por causa disso. Vez ou outra ouço comentários na rua como “Ele chupa o dedo? E vc deixa?”. Meus queridos, o que que eu vou fazer? Ele SEMPRE detestou a tal chupeta. A parte boa é que ele dorme incrivelmente bem e isso começou por volta dos 2 meses, quando achou no dedo seu, digamos, sonífero. Não sei o que é acordar à noite pra recolocar a chupeta na boca do bebê. Conheço bebês da mesma idade que ele que acorda, pegam a chupeta e a atiram do berço (de modo que um adulto tenha que buscá-la e reconfortar o bebê). Tirando a praticidade do momento (pq eu desencanei de vez) li muitas coisas à respeito. A Tracy Hogg (do livro A Encantadora de Bebês) é a favor do dedo, o pediatra do meu filho reprova a chupeta abertamente e aprova o dedo(e é o melhor neonatologista da cidade), além de outros artigos que li por aí (alguns deles vinculando a chupeta até a ocorrência excessiva de otites). Portanto, optei por deixar o hábito e quando isso for DE FATO um problema, penso em como resolver. Um dia de cada vez MESMO e sem neuras. Bjs

  • Samara Cardoso

    Mariana,
    Minha filha de 3 anos que se chama Ana Júlia chupa o dedo, no começo tb tentei de todas as formas fazer com que ela pegasse o bico mas não teve jeito ela queria era o dedo, fui lendo me informando e desencanei e pra te dizer a verdade quero muito que ela pare de chupar o dedo, mas no tempo dela vou tentando entretanto respeitando o tempo dela…
    Bjos e Boa Sorte sempre!!!!

  • Luana Siqueira

    Oi Mariana,

    Meu bebê de 4 meses não gosta de chupeta e fica uns minutinhos com o dedo na boca, mas muito inquieto, logo larga de mão e reclama, reclama muito, porque não tem nada que o ajude a relaxar, nem o peito. rs

    Minha sobrinha faz 9 anos esse ano e chupa dedo, desde que nasceu, no início achávamos uma graça, e é mesmo, não é?! O problema é que ela está tentando largar o dedo, tentando muito, até enrola em uma fralda para dormir, mas quando olhamos, no meio na noite, lá está ele enfiado na boca, é automático e de acordo com a própria: “Lu, quando eu vejo, o dedo já está na minha boca, não consigo tirar!” rs

    No fim das contas, sou a favor de deixar as coisas acontecerem, na hora certa, no tempo dela, as noites de dedão na boca vão passar, assim como para sua Laura!

    Um super beijo,
    Luana

  • Angélica Pereira

    Olá Mariana,

    Minha pequena Carolina, de 3 meses, também gosta do dedinho….Mas li que uma pesquisa detectou que 60% das crianças que chuparam chupeta tiveram que fazer uso de aparelho ortodôntico posteriormente e apenas 20% das crianças que chuparam o dedo tiveram que utilizá-lo! Por outro lado, minha filha mais velha, que tem 7 anos, nunca chupou chupeta, nem dedo, nem mamadeira ela pegou (passou direto do peito pro copinho) e mesmo assim hoje usa o aparelhinho nos dentes. Ou seja, relaxa e deixa a Laurinha curtir o dedinho.

    Beijos,

    Angélica

  • Michelle Peres

    Olá Mariana, boa noite!
    Estou grávida de 13 semanas de um menininho – bem, assim diz o exame de sexagem fetal, rs…Descobri o blog procurando leitura sobre gravidez e amei seus textos, me identifiquei bastante com as situações vividas por você (também tive gravidez frustrada antes da atual…enfim, graças a Deus a realidade agora é outra!!)
    Bom, vez apresentada gostaria de parabenizá-la pela Laura, além de linda ela tem a carinha boa sabe, de criança tranquila e feliz…
    Com relação a chupar o dedinho, minha irmã é ortodontista e realmente relata que a chupeta causa menos danos ortodônticos e é mais fácil tirar, embora o parecer técnico deva ser levada muito em conta, nem sempre os fatos enfrentados e a técnica andam juntos,
    assim acredito que temos que aliar a tudo o bom senso, dito isso concordo com a Angélica quando diz que qualquer pessoa está sujeita a correções ortodônticas independente da origem, mesmo quem julgamos ter as “pérolas” perfeitamente alinhadas não fogem às sugestões de correção ortodôntica após análise técnica, então, eu também não me preocuparia tanto. Ainda mais com acompanhamento técnico que hoje temos à disposição muito mais acessível e cada vez mais cedo com técnicas que diminuem o uso do instrumento de correção…
    O bom de tudo e o alívio para a alma, desculpe dizer mas é ver que todas temos os mesmos tipo de dúvidas, e passamos por situações idênticas, tenho amigas com bebês recentes sofrendo por dar chupeta, por ver seus bebês chupando dedinho, assim como você e como bem provável eu também terei mesmo sabendo de tudo isso, em breve, rsrs!
    Desejo tudo de bom a ti e sua família, acrescente mais uma, ou melhor mais “dois” seguidores ao blogue.
    Abraços Michelle e seu bebezinho!

  • Lucilene

    Existe tbm adultos que chupam o dedo, exemplo: Minha irmã tem quase 50 anos, tem 2 filhos e 4 netos e todos chupam dede até hj. Não sei se é hereditário ou chupam pq minha irmã chupa. Eu tbm chupei dedo até o inicio da minha adolescência e larguei nem sei pq e minha mãe não se preocupava com isso e tbm não me deixou nenhum problema bucal.

  • Tatiana

    Oi Mariana,

    Concordo com os dois comentários aí em cima, mas a minha experiência foi um pouquinho diferente, minha bebe está com 3 meses e como vc tb levei chupeta para a maternidade e não dei pq achei q era cedo, assim como a Laura, a minha Rafa deixou o peito aos 3 meses e começou a chupar o dedo… Tb fiquei encucada: com o futuro dos dentinhos, com a possibilidade de não conseguir deixar de chupar o dedo e sofrer com os amiguinhos tirando sarro (fiquei imaginando que nos acampamentos escolares os amiguinhos veriam ela chupando o dedo ao dormir) e com aquele dedo deformadinho típico de quem chupa dedo, com certeza na adolecência ela iria perguntar pq eu deixei ela chupar o dedo e não a chupeta! Por isso eu insisti, fazia da chupeta um brinquedinho, ficava tirando e colocando na boquinha dela, passando nos lábios, principalmente qdo ela estava calminha e não estava chupando o dedo, qdo ela colocava o dedinho eu tirava e colocava a chupeta, mas se ela estivesse irritada, com sono ou com cólica e insistia no dedo eu deixava. Tb tentei todas as chupetas, esta physio parecia a preferida, mas dps ela aceitou a da MAM mas aquela de 0 a 2 pq a 0 a 6 ela começou a aceitar agora. Hoje ela chupa a chupeta só para dormir e esqueceu o dedo, de vez em quando ela chupa o dedo no banho, mas é por causa da agua, como diz meu marido ela adora agua com sabão! O único inconveniente até agora é que as vezes ela chora pq perdeu a chupeta e a quer de novo aí eu tenho q ir lá colocar na boquinha dela… Mas normalmente durante a madrugada ela larga e não chora.
    Bj
    Tati

  • Cilla

    Oi Mariana, tudo bem??
    Adoro o seu blog e me tira muitas dúvidas. Muito útil e bem escrito..
    Mas tenho uma dúvida, quem sabe você pode me ajudar.
    Eu estou grávida e fico o dia todo com Notebook, iPad e iPhone. Não falo muito no celular, mas estou sempre na internet.. Vejo que você também sempre esteve muito por aqui.
    Você sabe se a radiação desses aparelhos pode fazer mal ao bebê.

    Obrigada. Beijos

  • Gisele (mãe da Mariana)

    o melhor seria que ela não pegasse nenhum dos dois, por causa da dentição, mas todo mundo diz que é melhor chupeta que dedo, porque a chupeta você pode ter o trabalho árduo de tirar, mas consegue!!!, mas o dedo, você não pode cortar o dedo da criança pra ela parar de chupar… eu te dou um conselho que uma amiga fez com a filha dela, pra não dar chupeta nem dedo, mas acho que só vai ser legal depois do sexto mês que é quando introduz alimentos no cardápio do baby, ela comprou uma espécie de chupeta (um trocinha no formato de chupeta com redinha) e você coloca uma frutinha pra ela chupar… deu certo!! ela largou a chupeta e o dedo.
    Pergunta pra pediatra se isso é legal!!!
    beijocas na bochecha gostosa da LAURINHA

  • Milena

    Mariana, primeiro prarabéns pelo blog. É a primeira vez que comento, mas acompanho desde o começo. Parabéns também pela princesa da Laura, ela é linda! Minha filhota está com 3 anos e 8 meses. Quando grávida dizia que nunca ofereceria chupeta pra minha filha. Minha promessa acabou no dia que voltei da maternidade… Ela chorava sem parar e faria qualquer negócio para ela acalmar. Mas ela não aceitava. Com 5 meses voltei a trabalhar e minha mãe voltou a dar a chupeta pois ela não dormia se não fosse no meu colo. Dessa vez ela pegou, mas eu só dava para dormir e ela associou a chupeta ao momento de se acalmar e descansar. Comecei a me preocupar como seria tirar a chupeta, com mil fantasmas na minha cabeça. Eis que ela completa 2 anos e vai à pediatra para consulta de rotina. A pediatra começou a explicar que ela já era uma mocinha e que chupeta e mamadeira eram coisa de bebê. Chegando em casa e pediu as mamadeiras e chupetas e jogou tudo no lixo. Fim do assunto! Hahaha tanta preocupação e tudo acabou assim. Te escrevi só pra deixar a dica, que alias você já assimilou muito bem, que cada criança é diferente da outra e não adianta sofrer antes pois eles nos surpreendem a cada dia. Beijo

  • Rubia

    Mariana,
    Adorei o seu blog e parabéns pela linda Laura. O Gabriel, meu bebê, está com 6 meses e também adorava ficar com o dedinho na boca e chupeta nem pensar…Isso até uns 20 dias atrás. Foi quando ele ficou muito resfriado e fui tirar sua temperatura com um termômetro chupeta que comprei em uma viagem. Associado com o fato de estar com as gengivas bem grossinhas, ele adorou ficar mordendo o termômetro. Foi aí que encontrei a “oportunidade” e dá-lhe chupeta na boca. Resultado: Adora a chupeta e não largou mais. Talvez a Laurinha adquira o hábito da chupeta mais tarde mesmo. Ela é uma fofa!!!

  • Mariana Abrahão

    Mariana, sabe q deve ser até bom esse lance do dedo, pois a minha Sarah de 9 meses, só dorme de chupeta e se a chupeta sai da boca dela, ela acorda assustada e eu tenho q ir lá colocar a chupeta de novo na boquinha dela! É isso até ela pegar no sono profundo! Enfim…

  • Carliana Amorim

    Minha Ana Lara está com 3 meses e 6 dias como Laura ela ñ pegou chupeta, tentei de varios tipos também e a carinha de nojo era a mesma, tava na pediatra pra consulta de 1 mes dela quando ouvi a mãe de uma menina de 11 meses que chupava o dedinho dizendo q ela começou com 2 meses e que nunca quiz chupeta, pensei será q Ana Lara vai ser assim?? fiquei com aquilo na cabeça o medo dos 2 meses e ela chupar dedo, pois bem poucos dias depois dela completar 2 meses acordei com ela chupando a mãozinha esquerda com o auxilio da direita, pensei “se ela descobre e esse polegarzinho encaixa certinho na boquinha dela to frita” comecei a bota-la pra dormir de luvinha, não adiantou ela continuou chupando a luvinha, amanhecia toda babadinha, o que está acontecendo, ela não chupa o dedinho mais chupa qualquer coisa tipo, quando tem fralda por perto chupa uma potinha, se tiver de camiseta chepa a camiseta, se está de body ela chupa a mãozinha porque não sobe até a boquinha e assim vai ela sempre me surpeende ja pegue ela chupando até um pezinho da boneca de pano dela e cuchilando, acho q ficou pior assim, antes tivesse deixado ela chupar o dedo. SE VOCÊ MARIANA OU QUEM LER ESTE COMENTÁRIO PODER ME INFORMAR ALGUMA COISA SOBRE EU AGRADEÇO.

  • Rita

    Sou mãe de primeira viagem e minha filha Sofia, de 5 meses, também chupa o dedão para dormir. Se ela coloca o dedo na boca, sei que está com sono. Isso começou no final do segundo mês. Ela chupa o dedo uns 3 minutos, larga e dorme a noite inteira. Eu não dei chupeta, não achava adequado. Infelizmente o que mais me incomoda são os olhares das outras mães. Acho que é cultural. Por que a chupeta é comum e parece que é parte integrante da criança? Ninguém comenta: nossa ela chupa chupeta!!!! mas com o dedão é diferente. A pediatra da Sofia ainda brincou: “sua filha não vai para a faculdade chupando dedo!! fique tranquila que tudo vai dar certo, já deu”. Comecei a relaxar… uma questão de cada vez!!!
    Um abraço para você para a Laura!

  • Érica Pinheiro

    Ola,meu bb tem 1 ano e 7 meses e tbm chupa o dedo quando está com sono,ou ate pra se acalmar,fico preocupada como faço pra ele deixar,logíco,mas depois q li seu post fiquei um pouco aliviada!adoro seus posts!escreve mais.

  • Marianna

    Minha irmã chupava os dedos quando pequena para dormir. Mamãe em uma noite colocou uma meia na mão dela e pronto, nunca mais ela pegou. Hoje sou fonoaudióloga e entendo a importância de, quanto antes, tentar diminuir e retirar esse hábito deletério no desenvolvimento das estruturas e das funções.

  • Amandha Souzza

    Minha filha Ana Lívia de um ano e dois meses ,chupa chupeta desde qdo tinha 1 mes… ela custou a pegar, e eu insistia, mais agora fico com medo de nao conseguir tira-la. Mais olha, a chupeta acalma muitoo ela.

  • Amandha Souzza

    Gente alguem pode me ajudar comentando aqui mesmo… gostaria de compartilhar dicas com vcs sobre birras e manhas das crianças. Tenho uma filha de 1 ano e 2 meses, sou mae de 1 viagem e nao sei o que fazer para educa-la . Ela faz muita birra e chora por qualquer motivo e ainda por cima quer dar tapas em mim e meu marido. Nao tenho muita paciencia e acabo gritando e batendo nela, dpois me arrependo pois sei que nao é o melhor a se fazer desde h agradeço.

    • Yasmine Rodrigues

      É bem capaz que a sua filha esteja estressada, e isso pode ser por diversos fatores: Barulho, sono acumulado, muita gente em volta, calor, alguma dor… se você tentar criar diariamente um ambiente tranquilo pra ela talvez melhore. Quanto a gritar e bater é sempre a pior opção, principalmente o gritar, tente deixar de castigo ou tirar algo que ela goste. e JAMAIS deixe ela bater em vocês, aí sim, nesse caso, vc deve ser mais severa. Porém, não ensine a violÊncia. Ela vai aprender.

      • Mamãe de 1a Viagem

        To contigo, Yasmine :)

  • Janaiara Marcia

    minha filha também nao pegou a chupeta e agora com 3 meses fica chupando a mao..

  • dayanesilveira

    Oi minha filha tem 1 ano e 7meses e não gostava de chupeta agora meu pri mo nasceu e chupa chupeta e ela agora quer chupar sera que tem algum problema.me ajudem por favor.

  • Laura

    minha bebezinha Ester completou 4 meses ontem, e eu estou enfrentando este mesmo problema, ela pra relaxar e dormir chupa o dedão também, isso começou a umas semanas, eu percebi que quando eu tinha que sair pra fazer feira, ou resolver algo, tinha que deixá-la em casa com a tia dela, então percebi que ela tinha começado com este habito, quando era menor fez várias tentativas frustadas de conseguir colocar o dedinho na boca, mas agora que conseguiu, quando a deixa só pra fazer alguma coisa na casa ou preparar seu banho, logo ponhe o dedinho, já chorei, muitas pessoas me falaram muitas coisas e me assustaram, mas hoje lendo seu relato me sinto aliviada, tenho tentado dar a chupeta, mas ela também não gosta, acho ela muito novinha, e confio em Deus que breve mudará, portanto agora me sinto mais calma, e vou dar o meu melhor pra ela, tenho fé que vou vê-la sem esse hábito, mas sem me desesperar! Obrigada…