Eles venceram a Meningite e conseguiram muitas medalhas – mas não desejam isso para ninguém.

Ivanilde, Filippe, Jhulia, Suelen e Andrey: campeões no esporte e na vida

Ivanilde, Filippe, Jhulia, Suelen e Andrey: campeões no esporte e na vida

“Eu levo uma vida boa, muito boa. Só que eu não gostaria que mais pessoas passassem pelo que passei”

Filippe Santos Silvestre é um campeão olímpico de 33 anos. Medalha de prata nas Paraolimpíadas de Londres (2012), ele disputará as Paraolimpíadas no Rio pela Seleção Brasileira de GolBol (também conhecido por goalball, é um jogo praticado por atletas que possuem deficiência visual, cujo objetivo é arremessar uma bola com as mãos no gol do adversário). É dele a frase que abre esse post, como mostra esse vídeo abaixo que fiz dia 03 de março.

Tô mostrando tudo no SnapMariBelem. Histórias inspiradoras. #meufuturocampeao #GSK #VencaAMeningite #WinForMeningitis

Um vídeo publicado por Blog Mamãe de Primeira Viagem (@mamaede1aviagem) em

A meningite tirou a visão de Filippe quando ele ainda tinha 3 anos. Mas isso não o afastou do esporte. O carioca foi praticante de natação e de futebol por 5 anos antes de chegar ao goalball. Ah, e ele é formado em advocacia e carrega um sorriso aberto e uma alegria de emocionar.

Aliás, o sorriso aberto e essa alegria são características que chamam mais atenção e encantam nos 5 atletas paraolímpicos que conheci no último dia 3 de março, a convite do laboratório GSK para conhecermos uma necessária e importante ação para disseminar informações sobre a Meningite.

A maior e mais incrível fotógrafa de recém nascidos e mundialmente famosa Anne Geddes terá importante papel nessa ação. Falo mais abaixo sobre isso.

A maior e mais incrível fotógrafa de recém nascidos e mundialmente famosa Anne Geddes terá importante papel nessa ação. Falo mais abaixo sobre isso.

#VençaAMeningite é mais um passo importante da ação mundial #WinForMeningitis, que visa levar ao máximo de pessoas possíveis informações para prevenir a Meningite e mostrar o que a doença pode causar. Quando mais graves (bacterianas, por exemplo), podem levar ao óbito em 24 horas. A Meningite, ou doença meningocócica, geralmente acomete crianças e adultos jovens e é de evolução rápida. Seu difícil diagnóstico a torna letal, podendo chegar a 40% de letalidade em alguns casos. Até 15% dos que sobrevivem à doença podem ter sequelas como: danos cerebrais, amputações de membros, perda de audição, de visão ou dificuldade de aprendizagem. Eu, absolutamente leiga, perguntei no evento ao pediatra Otávio Cintra por que ocorrem as amputações e ele me explicou que a doença faz com que aconteça uma espécie de mini tromboses, ou seja, os vasos entopem e por conta disso o sangue não irriga os membros e o tecido morre.

20160303_130610

20160303_130716

Slides apresentados no evento pela Dra. Isabella no evento

Slides apresentados no evento pela Dra. Isabella no evento

A doença deve ser tratada por meio de antibióticos intravenosos e medicamentos de suporte, para reduzir o risco de futuras complicações. O antibiótico a ser receitado vai depender do tipo de meningite bacteriana que o paciente tenha. A preocupação maior é o tempo que se tem para diagnosticar uma doença que tem sintomas como muitas outras doenças infantis e por isso a importância da prevenção. A prevenção mais eficiente continua sendo a vacina em dia e manter hábitos de higiene adequados: lavar as mãos frequentemente e manter o ambiente ventilado.

Quando se fala na vacina em dia, não é apenas na criança menor de 2 anos, mas nos adolescentes também. É importante vacinar os adolescentes, não só para que não peguem Meningite, mas também para que não passem para crianças menores. O maior risco de contaminação, embora as pessoas temam as creches, escolas, é, na verdade, no local mais íntimo: a casa da gente. Os meningococos podem se espalhar para outras pessoas por meio do contato direto com gotículas respiratórias através de uma tosse, espirro, beijo, beber concomitantemente no mesmo copo que outra pessoa ou usar os mesmos talheres que ela. Uma pessoa pode ser apenas transmissora da doença, sem desenvolver nada, o que é chamado de portador são.

E como saber se os sintomas do seu filho são de uma possível meningite, quando a reposta pra tudo hoje é em dia parece ser “virose”? O que difere a febre, náusea, vômitos, tontura, dor de cabeça, sensibilidade à luz dos sintomas da Meningite? É realmente difícil mas dois pontos são mais graves: uma sonolência em que tentar acordar a criança não a deixa irritada e sim entregue à exaustão e, o mais preocupante: manchas pelo corpo (corra para o Pronto Socorro nesse caso).

Parte dessa ação tão importante, a maravilhosa e mundialmente famosa fotógrafa de recém nascidos Anne Geddes, faz há anos um trabalho incrível para levar informações sobre Meningite para o mundo. Ela esteve no Brasil para clicar retratos de atletas paralímpicos vitimados por meningite – parte da campanha global Win for Meningitis, causa da qual é defensora e embaixadora na ONU. O resultado de seu trabalho será divulgado dia 24, no Dia Mundial da Meningite. Anne está fotografando em 6 países do mundo sobreviventes da doença para celebrar a força e a vida deles, assim como para honrar aqueles que perderam suas vidas para a meningite. “Através dessas imagens, eu espero poder ajudar a ilustrar o profundo impacto que a doença meningocócica pode causar em famílias inteiras e destacar a responsabilidade que nós adultos e pais temos de fazer tudo que pudermos para ajudar a proteger nossas crianças durante seus anos mais vulneráveis”.

Anne Geddes e os atletas paraolímpicos Ivanilde, Suelen, Jhulia, Andrey e Filippe: juntos pela prevenção da Meningite.

Anne Geddes e os atletas paraolímpicos Ivanilde, Suelen, Jhulia, Andrey e Filippe: juntos pela prevenção da Meningite.

Caso você queira saber ainda mais sobre a Meningite, acesse o site Casa de Vacinas GSK no link bit.ly/1pbsF6m

Eu faço parte dessa ação. Eu quero levar isso tudo ao máximo de pessoas que eu puder. Por favor, espalhem essas informações comigo, ajudem nessa corrente pela saúde das nossas crianças, principalmente as menores de 5 anos. <3

img-714582-mariana-belem-apoia-campanha-contra-a-meningite20160303171457037425

Comente!