#EspecialOrlando – Nossas férias, Parte 3 – Programação, Magic Band, Fast Pass+ e Animal Kingdom!

Nossa pasta com nossas reservas, vouchers e a programação de bolso que meu cunhado fez para cada um <3

Nossa pasta com nossas reservas, vouchers e a programação de bolso que meu cunhado fez para cada um <3

Oi queridos!
Seguindo com a Parte 3 da nossa viagem à Orlando!
 
Como fizemos nossa programação
Fomos em dois grupos, um que ficaria mais dias (meus sogros, meus cunhados e meus sobrinhos) e outro que chegaria depois e iria embora antes (nós e a madrinha do meu marido), fomos casando o que faríamos. Eles, generosamente, deixaram que a gente reservasse as refeições com personagens e escolhêssemos os parques que iríamos no nosso período de estadia. Como eles fizeram? Para cada 3 dias de parques, um de descanso (ou compras). Então, chegamos em um dia de descanso deles para poder chegar com calma, comprar as coisas para casa, enfim, organizar as coisas.
Ir ao supermercado e farmácia (CVS, Walgreen’s…) lá é algo que me deixa mais feliz do que ir aos Outlets hahaha Na verdade, não tenho muita paciência para Outlets porque sou péssima com qualquer coisa que me dê muita opção. Sou pisciana e odeio decidir entre muitas coisa hahaha Faço uma lista do que realmente preciso/quero e compro algumas coisas pela Amazon mesmo e mando entregar lá. Me facilita a vida.
Produtos que não chegaram aqui ainda, nos quais você paga pouco e se joga nos supermercados e farmácia. O primeiro é um produto para congestão nasal do bebê, que você coloca na banheira -e o vapor dele descongestiona. O segundo eu trouxe 8 comigo: condicionador leave in sem enxágue para crianças, com cheiro delicioso. Em tempos de economia de água, uma opção pro banho ficar mais curto, sem ter que usar condicionador. <3

Produtos que não chegaram aqui ainda, nos quais você paga pouco e se joga nos supermercados e farmácia. O primeiro é um produto para congestão nasal do bebê, que você coloca na banheira -e o vapor dele descongestiona. O segundo eu trouxe 8 comigo: condicionador leave in sem enxágue para crianças, com cheiro delicioso. Em tempos de economia de água, uma opção pro banho ficar mais curto, sem ter que usar condicionador. <3

 
Depois de um café da manhã tipicamente americano no Ihop, com as panquecas que tanto amo, me joguei no Super Target (que tem desde móveis até comida… amo!), onde compramos de detergente e esponja às coisas de higiene e comidas. Casa abastecida, fomos em família para o Premium Outlet da Vineland. Não ficamos muito tempo porque, para a Laura aquilo não tem muito o que fazer, só um parquinho e uns brinquedos de colocar moeda. Compramos o que buscávamos e voltamos pro condomínio para que as crianças curtissem a piscina (foto no post anterior) e a brinquedoteca.
 
Para você que curte, os dois principais Outlets são: Premium Outlet (Vineland) com 160 lojas e Premium Outlet International Drive. Outro que gostamos e que é menor – mas fica pertíssimo do condomínio é o Lake Buena Vista Factory Stores.
 
Não só os outlets são bacanas, mas os shoppings tradicionais também. Lojas incríveis e, embora não tenha o mesmo preço que outlets, continua sendo mais barato que comprar certas coisas no Brasil. Nos shoppings tradicionais você encontra mais novidades e lançamentos. Um deles é o Millenia e outro o Florida Mall.
 
E agora, as dicas dos parques 🙂
 
Magic Bands
As fofas Magic Bands

As fofas Magic Bands

Magic Bands são pulseiras que guardam as informações do seu ingresso, ou seja, ao invés de ficar tirando do bolso seu cartãozinho a cada vez que vai usar, você usa uma pulseira lindoca e facilita isso. (vídeo fofo aqui).
Há quem pense que só se pode ter Magic Band se você está hospedado nos hotéis da Disney, mas não é bem assim. O que muda é o que você pode colocar na sua pulseira.
Quando você se hospeda nos hotéis da Disney, todas as suas informações de reserva estão na Magic Band. Você ganha as Magic Bands e pode costumizar online e, assim que você chega ao hotel, está tudo ali. Você cadastra uma senha e pode decidir se usa nos restaurantes e lojas também. Você paga tudo com sua Magic Band e senha e, ao final da estadia, paga de uma vez no check out. A lindoca da AnaLu (Look Bebê) postou como foi personalizar as Magic Bands dela aqui.
Quando você não se hospeda no hotel, pode comprar as Magic Bands nas lojinhas dos parques (custam pouco mais de US$ 12.00), assim como os enfeitinhos lindos (como aqueles que colocamos em Crocs hahaha) e usa apenas como substituto do ingresso (ou seja, entra nos parques e coloca seus Fast Pass+ nela) e também para guardar suas fotos tiradas pela staff da Disney (PhotoPass). Para mais info, no site oficial, clique aqui.
DICA: Importante, dica da minha querida Tina da Viagens World e que me ajuda em tudooooo nesses roteiros Disney: as Magic Bands duram 2 anos. Não joguem fora!! <3
 
CHEGANDO NO PARQUE – DICAS
Coração começa a bater mais rápido já no estacionamento <3

Coração começa a bater mais rápido já no estacionamento <3

1. Fotografe a sinalização do estacionamento que diz onde você está ou escreva em algum lugar do seu cel (eu mandava para o grupo de whatsapp da família). Na euforia da chegada, a gente acha que guardou na cabeça, mas ao fim de tantas emoções no parque, você já  apagou a informação e vai ficar rodando o estacionamento GIGANTE atrás de um carro alugado igual à muitos outros hahaha
 
2. Ao entrar nos parques, pegue o mapa e o folheto com os horários (das paradas e outras atividades), o Times Guide. Sei que a ansiedade das crianças (e nossas) pode ser enorme, mas vale parar 10 minutinhos e olhar o mapa todo, fazer um plano. Os mapas têm, por exemplo, a altura permitida para a criança entrar no brinquedo (em centímetros, inclusive), como mostra a imagem abaixo. No caso da Laura, o Animal Kingdom tinha muito pouco brinquedo para a altura dela (92cm) pois a maioria dos brinquedos era acima de 1.06m (ou 42’ inches). Priorizar o que eles curtem olhando o mapa, te economiza tempo demais rodando o parque a toa. Programar como visitar ao parque parece exagero, mas otimiza demais o tempo. Você faz o roteiro, se programa para estar na parada que quiser, marca seus Fast Pass+ e se joga!
Mapa do Animal Kingdom

Mapa do Animal Kingdom

Exemplo de descrição com altura permitida da criança para o brinquedo :)

Exemplo de descrição com altura permitida da criança para o brinquedo 🙂

 
 
App My Disney Experience
Nesse app você tem os mapas dos parques da Disney, suas reservas (restaurantes e etc) e, melhor do mundo: consegue ver quanto tempo de fila tem cada brinquedo naquela hora. A Disney tem wifi gratuito em todos os parques, conecte-se e olhe as filas para se programar e para marcar seus Fast Pass+.
 
FAST PASS+
Símbolo do Fast Pass+, que você encontra nos mapas e um dos Quiosques com funcionários para te ajudar a marcar. Esse fica na parte Dinoland, no Animal Kingdom.

Símbolo do Fast Pass+, que você encontra nos mapas e um dos Quiosques com funcionários para te ajudar a marcar. Esse fica na parte Dinoland, no Animal Kingdom.

Fast Pass+ é o “corta filas” dos parques da Disney e você não paga nada mais por ele.
Se você ficar hospedado em algum hotel da Disney, você pode programar antes mesmo de ir, online, e aquilo fica gravado com as suas informações (recomendo). Você agenda 3 brinquedos que quer muito ir e eles te darão uma hora para furar essa fila.
Se você não foi hóspede dos hotéis da Disney, como eu, ao pegar o mapa do parque haverá ali sinalizado onde tem quiosques/pontos para marcar seus Fast Pass+. Você escolhe 3 brinquedos e eles darão 3 opções de combinação de horários. Você escolhe e liga isso ao seu ingresso (ou ao Magic Band). Entra na fila especial de Fast Pass+, passa seu ingresso ou pulseira ali e pronto. Assim que você usar os 3 Fast Pass+, poderá agendar de um em um. Vai à um, agenda outro e por aí vai. DICA: fim de tarde e noite as filas caem MUITO de tamanho.
 
Chuvas
O sistema meteorológico deles é absurdo. O céu ainda está azul ou nem tem um pingo de chuva e eles anunciam que pararão alguns brinquedos ao ar livre. Quando cai a chuva (geralmente chuva de verão, meio tempestade), muitos vão embora. O que nós fizemos foi focar nos brinquedos cobertos pois nenhum fecha. E as filas ficam lindas de boas hahahaha Fora que, quando a chuva passa, o parque esvaziou bastante e até as filas que são enormes, ficam uma beleza.
 
ANIMAL KINGDOM
Ebaaaaaa

Ebaaaaaa

Como é um parque com muitos bichos, ele fecha mais cedo (geralmente às 19hs) e não tem fogos.
6 meses antes marcamos almoço no Tusker House, com os personagens vestidos de Safari (para reservar, clique aqui) e, como seria às 11:55hs, escolhemos o que daria tempo antes, para não perdermos.
Fomos então praticamente direto ao Kilimanjaro Safari, que é para todas as idades. Muito gostoso e eu chorei porque sou uma besta hahahaha Vimos elefantes, girafas, rinocerontes e etc.
Eu chorando, Laura de boca aberta e a girafa ao fundo, no caminhão do Kilima Safari <3

Eu chorando, Laura de boca aberta e a girafa ao fundo, no caminhão do Kilimanjaro Safari <3

 
No caminho para o Safari vimos flamingos, cangurus e dançamos música africana na frente do Tusker House, uma delícia!
Dançando pelo parque <3

Dançando pelo parque <3

 
O almoço foi INCRÍVEL. A reação das crianças com a chegada deles faz valer o dia todo, mesmo que nada mais aconteça. Fora que a variedade de comida é ótima e tem muita opção saudável para os pequenos. Aliás, esses restaurantes onde você tem que reservar com antecedência são os que você acaba comendo melhor – especialmente as crianças – dentro dos parques.
O que é preciso entender antes de começar o almoço é que os personagens vão até a mesa, tiram a foto e seguem para a próxima mesa. Não se pode ir atrás do personagem quando ele está em outra mesa pois a prioridade é quem está sentado ali (alguns assistentes são até um pouco rude nesse quesito…). Então, aguarde sua vez e evite ir ao banheiro pois, se ele passar, perdeu hahahaha No nosso caso, ficamos bastante tempo (10 pessoas…) e acabamos por ver duas rodadas de personagens (Mickey, Donald, Pateta e Margarida, sem Minnie).
Os linduxos curtindo o almoço com o anfitrião <3

Os linduxos curtindo o almoço com o anfitrião <3

Como disse antes, não havia muito que a Laura pudesse fazer nesse parque, mas nos divertimos muito. Como fomos com toda família, quando a Laura dormiu enquanto passeávamos, ela ficou com os avós e nós aproveitamos para ir em montanhas russas. Para os maioreszinhos nesse parque há: Expedition Everest (montanha russa), Kali River Rapids (molha bastante, como Splash Mountain) e Dinosaur (um pouco como Space Mountain, mas não tão emocionante como ela hahaha).

Logo que a Laura acordou, já era quase hora da Parada. Ela PI-ROU. É muito mais simples que as paradas do Magic Kingdom, mas bem bonitinha. Gritou, chamou os personagens, dançou… Uma coisa.
Além do Mickey e cia., a parada tem coisas lindas como essa girafa

Além do Mickey e cia., a parada tem coisas lindas como essa girafa

Passeando pelo lindo Animal Kingdom <3

Passeando pelo lindo Animal Kingdom <3

 
O que mais fizemos com a pequena:
– Bug’s Life 3D: cinema que, além de 3D, mexe os assentos, “venta” em você e muito mais. Laura só ficou com um pouco de medo mais para o final.
– Entre o Bug’s Life e o encontro com Ursinho Puff (olhe no mapa todos os sinais de mãozinha do Mickey em um círculo vermelho: cada um deles é um ponto de encontro com personagens. A parte Camp Minnie-Mickey tem bastante pontos), havia um show (tocou até Michel Teló, amei) e dançamos MUITO ali.
– Dinoland: a parte mais infantil do parque. Laura foi algumas vezes no TriceraTop Spin, que é como aquele do Dumbo. Só gira e sobe e desce, super simples e crianças adoram. Os outros brinquedos ela ainda não entrava, mas demos sorte de o Tico e o Teco aparecerem ali e fazerem mais um show de dança. Os personagens interagem SUPER com as crianças, todos dançam e se divertem. Mais legal e divertido do que ficar em fila para tirar foto. O Tico e o Teco pegaram ela no colo, brincaram… Foi MUITO gostoso.
Laura pirando e gritando pelos personagens na parada, no colo do Tico (ou Teco) enquanto dançavam várias coreografias e curtindo MUITO o TriceraTop Spin <3

Laura pirando e gritando pelos personagens na parada, no colo do Tico (ou Teco) enquanto dançavam várias coreografias e curtindo MUITO o TriceraTop Spin <3

 
Existem outros brinquedos bem bacanas, além da Árvore da Vida, que tem mais de 300 animais esculpidos, mas, como eu disse acima, olhem no mapa direitinho a altura que cada um pode ir.
 
Na saída, já para fechar o parque, tinha funcionário chamando a gente para entrar em coisas sem fila hahaha Entramos para ver Mickey novamente, porque, né? Nunca é suficiente. Hahahaha E dessa vez, estava a Minnie <3 (isso foi ali no Discovery Island, perto da letra D – o Beastly Kiosk)
Uma última paradinha para agarrar os ratinhos mais amados dese mundo :)

Uma última paradinha para agarrar os ratinhos mais amados dese mundo 🙂

 
Próximo post, falarei do primeiro dia no Magic Kingdom e do café da manhã no Chef Mickey’s 🙂
 
Se você não leu a primeira e a segunda parte, com todos os preparativos (documentos, reservas, hospedagem, aluguel de carro e etc…) clique aqui e aqui <3
 
Até já!!

Comente!