Estimule o desenvolvimento do seu filho com atividades criativas! 6 a 11 meses

Continuando o post anterior, sobre como estimular seu bebê, agora de 6 a 11 meses 🙂

Lembrando que o conteúdo desses posts foi extraído do Guia de Brincadeiras da Fisher-Price, que fala das diferentes fases do bebê e o que podemos fazer para estimular seu desenvolvimento. Desenvolvido a partir do site de Fisher-Price, que contou com a ajuda da Teresa Ruas, consultora da marca e especialista em desenvolvimento infantil, esse guia me auxiliou e me deu idéias… Ao final de cada fase,  fotitos da Laura 🙂

6 a 11 MESES

Tudo muda quando o bebê completa 6 meses. A capacidade de raciocínio está amadurecendo e precisa ser estimulada. No desenvolvimento da linguagem, a criança aprende, por meio de brinquedos, que os sons formam palavras. Na parte motora, como o bebê já sabe pegar coisas, ele poderá ficar horas entretido em passar brinquedos de uma mão para a outra ou encaixando objetos. Por isso, jogos que estimulem a curiosidade são ideais nesta fase. Lembre-se, quanto mais elogios, mais as crianças ficam estimuladas a buscar novas realizações.

  • Brinquedos de empilhar, que estimulem o engatinhar, e de ação ou reação;
  • Brinquedos de chão para bater ou tocar, de encaixar com sons surpresa e centros de atividades que estimulem a criança a ficar em pé e a dar os primeiros passinhos;
  • Produtos de encaixe, construção e musicais;
  • Discadores e brinquedos com muitos botões estimulam o desenvolvimento da linguagem;
  • Brinquedos de puxar e empurrar, atividades de unir, de empilhar, telefone de brinquedo, opções para serem utilizadas ao ar livre e balanços.

SUGESTÃO DE BRINQUEDO:

Potinho de Formas
O brinquedo ensina a criança sobre formas e números e toca música quando o bebê encaixa uma forma. Ele vem com duas opções para serem acionadas: modo forma e modo número. Se escolher a opção forma, ao colocar a peça corretamente dentro do pote, o bebê ouve o nome do formato da peça. O mesmo acontece se for acionado o modo número.

<3

<3

LAURA

Laura sentou firminha por volta dos 7 meses. Pouco antes, ela cambaleava e caía, então rodeávamos ela de almofadas para que ela aprendesse a se firmar sentadinha, sem riscos de bater a cabeça quando “tombasse”.

Aos 9 meses, ela se encantou pelo Jumperoo de um amiguinho e compramos pra ela. Ela ficava gargalhando enquanto pulava, ficava “de pé”. Isso a ajudou a firmar e estimulou a ficar de pé, a segurar nos móveis para andar apoiada.

 

IMG_2728

No Jumperoo, exercitando os pulinhos e a firmeza nos pés <3

Aos, 10 meses engatinhou, o que fez com que ela brincasse mais com as coisas que rolam, que tem rodas…

Laura se divertindo com o cachorrinho, brincando de encaixar na casinha e engatinhando atrás do trenzinho <3

Laura se divertindo com o cachorrinho, brincando de encaixar na casinha e engatinhando atrás do trenzinho <3

E Laura AMAAAAAAAAAAA um balanço…

Divertido, mamai!

Divertido, mamai!

 

Até o próximo post 🙂

Beijokas!

Comente!