Hora do Enxoval!

Bora criar um checklist? Esse é da Joy Paper <3

Bora criar um checklist? Esse é da Joy Paper <3

Amores,

Há algum tempo tenho recebido pedidos para fazer um post sobre o enxoval do bebê. E não foram só gestantes não!! Futuras madrinhas, tias, pais e até avós já me pediram. 🙂

Já fiz um post sobre o enxoval da maternidade e o que levar para lá, mas não havia feito um sobre o que comprar (ou pedir no Chá de Bebê) para a chegada do nosso amor maior.

Usei da minha experiência com a Laura para analisar listas prontas e adaptar para o que realmente precisamos de cara, na chegada do bebê. Por que isso? Porque às vezes as listas prontas têm muitas coisas que talvez nem precisaremos usar ou que só usaremos daqui meses e não logo que o bebê chega. Daí você acaba gastando com o que não precisa agora (ou com o que jamais vai precisar) ou acaba “gastando” opção de presente na lista do chá de bebê quando pode acabar nem ganhando algo essencial. A pessoa pega aquela lista enorme e escolhe algo que você só precisa com 6 meses porque é bonitinha ou até uma mamadeira que, dependendo de como você está na amamentação, você nem precise agora.

Para me ajudar mais ainda com essa, recorri ao livro da Chris Flores para me servir de base naquilo que eu ia escrevendo pois, além de eu não querer que faltasse (ou sobrasse) nada, o livro é TODINHO ESSENCIAL para as gestantes, na minha humilde opinião. Falo dele aqui nesse post. Aliás, pode colocar na lista abaixo esse livro. Seja para você mesma ou para presentear alguém. Ele não é daqueles livros gigantescos e tem TUDO que a gente quer saber, de forma simples e deliciosa de ler.

Livro da minha querida Chris Flores: TEM QUE TER E LER :)

Livro da minha querida Chris Flores: TEM QUE TER E LER 🙂

O que eu aconselho é mesmo fazer um Chá de Bebê, com lista em alguma(s) loja (s) para que, esse custo todo venha em forma de amor e carinho daqueles que querem te mimar nesse momento tão importante e único que é a gestação. Além de economizar – muito – você ainda celebra a futura chegada do bebê rodeada de gente que você ama. Nem que seja um simples bolo e algumas brincadeiras. O que importa é juntar aqueles que nos querem bem e festejar esse momento.

Mas, se você prefere fazer seu próprio enxoval, eu te diria para não deixar, ao menos, de fazer um Chá de Fraldas. Não só para não perder essa deliciosa celebração, mas também para te poupar de ter que sair correndo quando se der conta que só tem uma fralda no pacote (ou nem isso). Quando o bebê chegar, você estará com a cabeça cheia de novas informações, uma rotina totalmente nova, mil coisas para lembrar. Se, no meio disso tudo, você tiver coberta de fraldas por meses, sua saúde mental agradece hahahaha Para vocês terem noção, eu só fui comprar fralda mesmo quando a Laura estava com quase um ano, de tanta fralda que me deram. 😀

Vamos lá!

 LISTA DE ENXOVAL

Higiene

  • 1 banheira. É essencial. Escolha uma que não seja apenas para recém nascido, mas para bebê maior. Existem acessórios como base, extensor, base para o bebê não escorregar… Veja o que poderá te deixar mais confortável nesse novo momento;
  • 1 termômetro para banho (para medir a temperatura da água);
  • 3 toalhas com capuz. Porque 3? Porque o bebê pode fazer cocô e xixi logo após o banho (ou até no banho) e você pode precisar de outra correndo. Opte pelas bem macias, para poder secar delicadamente a pele do bebê, sem precisar esfregá-los;
  • 5 toalhas-fralda ou fraldas de pano (exemplo: uma caixa de Cremer). Você pode usar para secar o bebê, para forrar o trocador, para colocar entre você e o bebê na hora de colocar para arrotar.. A Laura tem 1 ano e 3 meses e eu ainda sou bem dependente de toalha fralda 🙂 ;
  • 3 Fraldas de Boca. Como as de pano, são ótimas para secar a boquinha do bebê e é menor para transportar de lá para cá e levar na bolsa do bebê para sair.
  • 2 sabonetes líquidos ou em barra. DICA: eu prefiro o líquido e, desde que a Laura nasceu, só uso o “dos pés à cabeça” pois une shampoo e sabonete líquido, tornando mais prático o momento do banho, enquanto você segura o bebê com a outra mão e lembra das 673545 coisas que te ensinaram na maternidade ou no curso de gestante (e que você vai passar a ignorar montes quando você passar a praticar diariamente e encontrar o SEU jeito. hahahaha Você encontra diferente marcas desse produto “da cabeça aos pés”;
  • 1 saboneteira (caso opte mesmo pelo sabonete em barra);
  • 1  óleo para bebês. Ótimo para limpar dobrinhas do bebê, para limpar o curativo do umbigo e para massagens.
  • 1 hidratante para bebês. Pergunte ao pediatra antes de usar. A Laura costumava ficar com a pele um pouco ressecada depois do banho quentinho e eu passava feliz nela todinha;
  • 1 colônia (pergunte para o seu pediatra qual a melhor marca e melhor momento para começar a usar, eu só usei depois de alguns meses);
  • 1 escova para cabelo e um pente. Escolha escova com cerdas para recém nascido (lembrem-se da moleira do bebê). DICA: existe o kit completo de higiene (ou higiene e beleza, dependendo da marca) que traz, além de escova e pente, também cortador de unha e, dependendo do tamanho do kit, até aspirador nasal;
  • Kit de unha, com cortador, tesourinha e até mini lixa. Como dito acima, existem kits de higiene que englobam o kit acima e esse de unha;
  • 1 Aspirador Nasal;
  • 1 conta gotas (para o caso do seu pediatra fazer alguma fórmula ou pedir que você passe soro no narizinho do bebê. Se quiser, pode deixar para comprar CASO você venha a precisar;
  • 1 massageador de gengiva (de silicone ou luva-coelho da Mam)
  • Álcool Gel. Para você higienizar as mãos antes de pegar no bebê e para as pessoas que vierem visitá-lo.

Troca de Fraldas

  • 1 trocador;
  • 1 garrafa térmica (para deixar a água morninha para a troca nos 3 primeiros meses em casa – eu, até hoje, prefiro   trocar com água, para não ficar só no lenço umedecido, que acabamos por usar fora de casa ). Na maioria das vezes faz parte do kit higiênico que vem a seguir;
  • 1 kit higiênico: porta-algodão, porta-cotonete, potinho para colocar a água da garrafa térmica e molhar o algodão… Tudo tem que ficar de fácil acesso pois você vai trocar o bebê MUITAS vezes ao dia;
  • 1 caixa de cotonetes. Para a limpeza do umbigo, das orelhas e até dos olhinhos. MUITO cuidado na hora de limpar a orelha: limpe apenas por fora e muita atenção para o cotonete não escorregar para dentro do ouvido;
  • 3 cremes para assaduras;
  • 6 pacotes de fraldas RN (recém nascido troca, em média, 5 fraldas por dia);
  • 5 pacotes de fraldas P;
  • 4 pacotes de fraldas M;
  • 6 pacotes de algodão em bolas (para trocas de fraldas e para limpar os olhinhos no banho);
  • 3 pacotes de lenços umedecidos (se possível, pedir pelo menos um pacote do lenço umedecido direcionado à recém nascidos, para uma vez ou outra que sair com o bebê antes dos 3 meses: ida ao pediatra, obstetra, casa dos avós, passeio…);
  • Obs: TALCO não é recomendável. Os pediatras alertam para o risco de possível sufocamento do bebê, através da aspiração do talco.

Passeio e Viagem

  • 1 Bebê Conforto;
  • 1 Carrinho

Obs: Existem MUITAS opções de “Travel System” que é o “combo” carrinho + bebê conforto. Eu tive e achei muito mais prático porque quando a Laura dormia no bebê conforto, ao andar de carro, era só encaixar o mesmo dentro do carrinho, sem ter que mexer nela, correndo o risco de acordá-la. O bebê conforto fica muito pesado com o passar das semanas, meses e poder encaixá-lo no carrinho é uma mão na roda. A cadeirinha de carro só é mesmo aconselhável em uma segunda fase pois o bebê conforto vai até 1 ano OU até o limite do peso que ele aguenta (no meu caso era 9kgs o limite e minha pediatra pediu que eu mudasse para a cadeirinha).

  • 1 protetor de pescoço ou apoio de cabeça (para ser usado em volta do pescoço, tanto no carrinho, quanto no bebê conforto);
  • 1 colchonete de carrinho;
  • 2 jogos de lençol de carrinho;
  • 1 sacola para roupinhas (para colocar roupa suja);
  • Bolsa para sair com o Bebê (para colocar trocas de roupa, fraldas, lenço umedecido e etc. Nesse post eu descrevo o que eu levava na bolsa da Laura quando recém nascida).

Quarto

  • Kit Berço (Obs: Minha pediatra me pediu que eu não colocasse Protetor de Berço no berço até que a Laura soubesse se virar sozinha. O meu protetor era muito grosso/fofo e, portanto, ela poderia sufocar caso encostasse o rosto e não conseguisse virar de volta sozinha. Opte por um beeeeem fininho ou não coloque mesmo. Há quem ache que o bebê pode bater a cabecinha no berço, ou o braço sair pelos vãos: a Laura nunca se machucou por não ter protetor, mas isso vai da vontade de cada um. Apenas, por favoooooor, escolham um fino e que seja bem preso à grade do berço, portanto, mais seguro pro bebê;
  • 1 trocador de mesa (em alguns casos, já faz parte do Kit Berço);
  • 3 jogos de lençol para berço;
  • 2 Protetores de Colchão (caso você possa gastar mais um pouquinho, é bom ter em casa. O bebê pode vazar muito nos primeiros meses e isso atravessa a roupa, a fronha e pode chegar ao colchão. Para você não ter que colocar o colchão no sol e se preocupar com isso, o Protetor de Berço é uma ótima saída. É uma espécie de fronha impermeável, que envolve o colchão e vai entre o mesmo e a fronha tradicional. Assim, o xixi ou o cocô param nele e é só colocar para lavar. Embora, às vezes, seja só o caso de passar um pano com sabão neutro e outro pano para secar, aconselho comprar/pedir na lista dois protetores para, no caso de ter mesmo que colocar para lavar, você ter outro de “emergência” para substituir;
  • Colchão. Você pode optar pelo colchão que já vem com forração de plástico em cima e isso substitui os Protetores de Colchão que eu descrevi acima;
  • 2 cobertores, um mais leve (de algodão) e outro mais quentinho pro inverno. Caso o bebê venha a ter alergia ao de lã, existem cobertores anti-alérgicos para bebês;
  • Mosquiteiro. Dependendo de onde você mora, é bacana ter pois não podemos passar repelente em bebês por alguns bons meses. Os componentes na fórmula do repelente fazem mal pro bebê. Ah! E existe mosquiteiro pro carrinho também;
  • Babá Eletrônica – É um elemento um pouquinho mais caro no enxoval, mas que dá uma enorme tranquilidade para os pais que têm seu bebê dormindo em outro quarto. A Laura, por exemplo, jamais dormiu no quarto com a gente (para que ela se acostumasse a dormir no quarto dela e para que a relação do casal não fosse modificada por um hábito da pequena), portanto, a babá eletrônica, para mim, foi de extrema importância. Caso você possa gastar um pouquinho mais ou pedir para alguém trazer de fora (o preço é infinitamente menor), existem babás eletrônicas com visor, que tranquilizam ainda mais os pais. A nossa tem visor e eu falo porque essa opção me deixou ainda mais tranquila: logo que ela nasceu eu olhava de tempos em tempos, para ver se ela não havia virado no berço (e, caso você opte por ter protetor de berço, é bom olhar de tempos em tempos para ver se seu bebê não encosta a cabecinha no mesmo, pelo risco de sufocar (bate na madeira 3x). Outra razão é que a Laura fazia uns “grunidos”/barulhinhos estranhos quando recém nascida e eu assustava, achando que algo estava acontecendo ou que ela tinha acordado. Para não ter que entrar no quarto e, aí sim, correr o risco de acordá-la, era só acender o visor e ver que estava tudo bem;
  • Almofada de Amamentação. Um conforto a mais que, no tamanho do cansaço que você poderá estar nos primeiros meses, chega a ser um presente dos Deuses. Hahaha

Amamentação

  • 3 caixas de Absorvente de Seios. Para colocar entre seu seio e o sutiã e não molhar a roupa que você está vestindo, caso seu seio vaze leite ao longo do dia;
  • Sutiã e roupa com abertura para amamentação. O sutiã eu acho mesmo essencial, porque além de mais cômodo para amamentar, tem toda uma estruturação especial para que seus seios – bem maiores nessa fase do que são normalmente – não fiquem “soltos” ali (hahahaha). Já a roupa é um custo que você se dá se você puder. Uma boa camisa de botão ou uma camiseta que você consiga levantar (sem que descubra o outro seio) já dão conta.

Roupinhas

  • 4 babadores;
  • 6 bodies de manga curta RN, 6P e 3M;
  • 6 bodies de manga longa RN, 6P e 3M;
  • 4 casacos de moletom ou casaquinho de algodão RN, 2P e 2M. É bom sempre ter 2 mais quentinhos porque os bebês sentem mais frio que nós;
  • 3 cueiros (tecido de flanela para enrolar a criança). Além de ser mais leve que um cobertor ou manta para cobrir o bebê, eu também uso muito para colocar em cima do trocador (que é revestido de plástico – impermeável) e deixar mais quentinha a troca em dias mais frios;
  • 6 culotes (mijão) RN, 6P e 3M. Com a Laura eu usei tanto RN como P (3 meses) os culotes com pezinho, mesmo com meia embaixo, para que não subisse a calça e entrasse friagem entre a calça e a meia. Há quem prefira o culote sem pé, para usar com meia, pois o bebê começa a crescer e você não perde a roupa tão rápido.
  • 6 macacões de malha RN, 6P e 3M, com botões dos pés à cabeça, para facilitar a troca;

Obs: Você pode também não comprar/pedir ainda os tamanhos M, mas é difícil saber a velocidade que seu bebê crescerá e quando você precisará de tamanhos maiores. Qualquer coisa, compre/peça apenas RN e P.

  • 2 mantas;
  • 2 pares de luva (além de aquecer, é bom para que o bebê não se arranhe);
  • 6 pares de meia RN e 6P;
  • 2 sapatinhos;
  • 2 toucas;
  • Malinha de maternidade;
  • Opcional, para festa ou passeio: se for menina, 2 vestidos, meia calça e lacinhos de cabelo. Se for menino, polinhos ou camisas;
  • Também opcional: por conta da crendice popular ou supertição: 1 roupinha amarela de maternidade, para colocar logo que nasce (dizem que dá sorte) e 1 roupinha vermelha de maternidade para sair de lá (dizem que afasta coisa ruim e protege). Sim, eu fiz ambas as coisas. hahahaha

Farmacinha

  • Termômetro;
  • Bolsa de água quente ou bolsinha com ervas relaxantes (para possíveis desconfortos);
  • Band-aids pequeninos;
  • Esparadrapo;
  • Gaze (também excelente para higienizar a boca do bebê pós mamada, com água filtrada);
  • Soro Fisiológico;
  • Inalador. Caso você possa gastar um pouco mais no enxoval ou pedir para alguém, é sempre bom ter em casa. O tempo seco ou uma congestão nasal ou tosse são remediadas maravilhosamente com Inalador e Soro Fisiológico, mas SEMPRE com ordens do seu pediatra, jamais decida isso sozinha, ok? 

OUTROS ITENS (opcionais):

  • 1 Canguru ou Sling – Existem estudos que apontam que o canguru é prejudicial à coluna do bebê, além de focar o peso na genitália, prejudicando a região. Aqui nesse link você pode ler um pouco a respeito e conhecer diferentes modelos de Slings, através da querida fisioterapeuta materno-infantil Denise Gurgel;
  • Bomba de Leite. Isso vai depender muito de como será sua rotina de amamentação (algumas mães, que contam com babá, preferem guardar o leite da madrugada para que a babá dê), da quantidade de leite que você produzirá (muitas mulheres não só amamentam seus filhos, como doam leite para bancos de leites maternos, ajudando assim, outros bebês que não podem mamar em suas mães) e até de quando a mãe voltará para o trabalho. Existem locais que alugam a bomba de leite, assim você não precisa comprar algo que não precisará pela vida toda;
  • Travesseiro anti refluxo para berço e para carrinho (você só precisará disso, assim como, possivelmente, leite especial se seu bebê tiver refluxo, tolerância a lactose, ou seja, não precisa gastar ou pedir isso logo de cara);
  • Concha de seio. Existe para alguns casos, até mesmo para corrigir bico invertido. Você pode jamais precisar. Mais informação sobre o que é a concha e para que coisas ela serve: http://comoamamentar.com/conchas-para-amamentacao/;
  • Cabides: A maioria das roupas fica mesmo dobrada, mas é bom ter a opção para uma ou outra peça;
  • Chupetas: independente do que eu escreva aqui, você deve ganhar chupetas porque sempre alguém dá chupeta pra grávidas hahaha Mesmo se dar chupeta for uma opção para você, não saia comprando várias pois, assim como a Laura, seu bebê pode não gostar e rejeitar como se fosse a pior coisa do mundo. Ou seu bebê pode amar. Se você não ganhar (será um milagre), compre apenas 2, de modelos ortodônticos diferentes e de marcas que sejam fáceis de achar, pois seu bebê vai perder algumas e você vai ter que rebolar para achar uma igual, caso seja uma que só venda em Miami, sei lá hahahaha;
  • Berço Portátil. Essa é uma boa compra para quem viaja muito, vai para casa de praia ou sítio no fim de semana e não vai gastar mais fazendo mais um quarto pro bebê. Até para a Laura dormir na casa da minha mãe eu levei o berço portátil. Não é essencial, mas é uma ótima opção;
  • Se você quer gastar ou pedir ao menos um brinquedo para seu bebê, eu diria que você deve focar na Cadeirinha. Laura desde os 15 dias já curtia a Cadeirinha. E foi nela que a pequena passou a pegar sozinha no móbile, foi nela que comecei a dar papinha e etc. Até o peso aguentar, ela foi usada hahaha O da Laura era da Fisher Price, segue alguns modelos: http://www.fisher-price.com/pt_BR/products/babygear/products/index.html?cat=bgb;
  • Uma coisa MUITO bacana também, para o bebê exercitar as costas, o rolamento e outros movimentos é o Tapete de Atividade. Foi muito bacana pra Laura também. Aqui tem um modelo bem bacana: http://www.fisher-price.com/pt_BR/brands/babytoys/products/55947; 
  • MamadeirasBom, caso você não produza leite, não possa amamentar ou o bebê tenha que tomar algum leite especial, segue lista:
    • 3 mamadeiras grandes;
    • 2 mamadeiras médias;
    • 1 mamadeira pequena;
    • 4 bicos de mamadeira de cada fase;
    • 1 conjunto de coador e funil;
    • 1 escorredor para mamadeiras;
    • 1 escova para mamadeiras;
    • 1 esterilizador de mamadeiras;
    • 1 pinça higiênica (plástica para pegar itens esterilizados);
    • Frasqueira para colocar a mamadeira (caso você prefira ela mais quentinha – eu não aconselho) e também, quando chegar essa fase, um suquinho, uma frutinha…

MAIS PARA FRENTE (não se preocupe agora com isso, caso você não possa e, não desperdice sua lista com isso se você tiver poucos convidados para o seu Chá de Bebê pois são coisas que você não usará de imediato e que você pode acabar ganhando no lugar de algo que você precisa assim que  bebê nascer):

  • Cadeirão para alimentação ou cadeirinhas que se adaptam na cadeira (ou até mesmo direto no tampo da mesa) e que economizam bastante espaço: apenas lá pelo 6º mês;
  • Mordedores (como eu disse no post sobre dentinhos), cada bebê é um bebê quando o assunto é nascimento dos dentes. Tanto seu bebê pode nascer com dentes (raro, mas acontece), como pode vir a ter dentes só com 1 ano! Ou seja, quando os sintomas dos dentinhos começarem (no post dos Dentinhos tem exemplos), você se preocupa em comprar isso;
  • Cadeirinha de carro. Como eu já disse antes, só quando atingir o limite do peso do seu bebê conforto ou quando completar um ano;
  • Pratinhos e talheres. Laura só começou com frutas aos 5 meses e papinha salgada aos 6 meses;
  • Mamadeira para suquinho. Laura também só começou a tomar suco aos 4 meses e água só lá pelo 5º mês, com a introdução de frutinhas. Ou seja, não é urgente.

Você pode ter sentido falta do Andador nessa lista. Bom, meu sogro é ortopedista e há anos eu escuto o quanto pode fazer mal para a formação do bebê ele ficar no andador. Além disso, há riscos de acidentes domésticos. Recentemente, a Folha de São Paulo publicou essa matéria dizendo que a Associação dos Pediatras está fazendo campanha contra os andadores… Ou seja, na minha lista, particularmente, não não não pro andador. O melhor mesmo é deixar a criança se esforçar sozinha para ficar em pé e andar. Mais pra frente eu farei outro post sobre isso, com opções mais saudáveis para essa fase.

Bom, amorecos, acho que é isso… Em breve farei mais um post sobre o que é necessário no quarto do bebê e sua segurança.

Espero ter ajudado 😉

Beijokas!!

Comente!

  • Eu leio essas listas até hoje e morro de rir porque fui a louca das listas de enxoval, não conheci o livro da Chris antes e sai comprando tudo que achava “necessário”! Era daquelas grávidas que tinha energia pra sair batendo perna em shopping e saia carregada de trecos! Mas fora isso, super importante usar bom senso e ver sua real necessidade e condições, até porque produtos para criança são caros e adquirir o que não vai nem usar (fiz muito isso!) não é legal!
    Bjooos Mari

    • hahahahaha Me identifico, querida!
      Só fui entender que compramos muitas coisas desnecessárias (que só usaremos em meses ou que jamais usaremos) com o tempo.
      Daí ajudei duas amigas a fazer a lista e fui me baseando na minha experiência. Vi o quanto era importante focar no que realmente precisa 🙂
      É errando que se aprende hahahah
      Beijokas

  • Denise Gurgel

    Eu estava passeando por aqui no blog e vi que vc me citou!

    Ah, super obrigada! Agradeço o carinho!

    Um abraço Mariana!

  • ANDREA

    ACHEI MARAVILHOSO ESTE POST.ESTAVA PRECISANDO LER ISTO E ME ENCORAJAR PARA O PRIMEIRO FILHO…

  • Dina Batista Carmona

    Mari, adorei o post!! mas faltou detalhar mais os kits de alimentação, tipo esterilizador de mamadeiras?? pratinhos? potes°

  • Paula

    Sou mãe de primeira viagem e fiquei na dúvida. São apenas estas fraldas descartáveis que gastarei: 6 pacotes de fraldas RN (recém nascido troca, em média, 5 fraldas por dia); 5 pacotes de fraldas P; 4 pacotes de fraldas M? Se for assim vou repensar o chá de fraldas… Me ajudem, please!

  • Juliana Ariele

    Muito obrigada. Você me ajudou bastante. Eu estava sem saber o que comprar, pois vouser mae de primeira viagem. Valeu, bjs. Adorei!

  • Ariane Ramos

    Ótimas dicas, também estava meio perdida e me ajudou bastante. Principalmente por estar fora do país sem minha mãe por perto. Obrigada!!

  • Lari-Flavio Barbosa

    Linda página! Nunca vi um site com uma lista tão completa e tão perfeita estou tão feliz de fevereiro a Março terei a minha graça nos meus braços e com a ajuda dessa lista faltando apenas três meses e meio com certeza o Christopher irá chegar sem q nada esteja faltando para ele ! Muito obrigada! Muito grata pela ajuda que vocês me deram pois eu tinha começado a listinha mas estava faltando muita coisa e não fazia ideia do quanto comprar de cada coisa ????? AMEI!

  • Regina A.S.

    excelente conjunto de dicas! meu parto esta previsto para o inverno do RS… chuvas intensas e friooo… estou eu a buscar opçoes enxutas e praticas… ajudou demais!

  • eloisa

    Primeiramente parabéns pelo site, gostaria de deixa a minha opinião, recentemente eu comprei no site http://www.imperialkids.com.br gostei muito da qualidade do produto, e com preço bom e o melhor de tudo o frete foi grátis, ha e eles aceitam mercado pago foi o que me deixou mais segura, porem não tive nenhum problema, super recomendo a todos.

  • Florzinha Bombom

    Obrigada,amei a lista! Agora já sei o que comprar, será muito útil!

  • Camila Rosa Dos Santos

    Adorei a lista, sempre que leio sobre enxoval, vem uma lista enorme e fico me perguntando qual importância de cada item e você foi bem detalhista, me ajudou bastante a preparar a minha!!! Grata

  • Larissa Almeida

    Parabéns, a melhor dicas alto explicativa de enxoval, tirou todas minhas duvidas. ?????

  • Camila Bastos Pagamisse

    Adorei a lista!
    São tantos itens, alguns realmente necessários, outros nem usamos!