Minhas leituras… – Parte 1

Olá!

Primeiro, gostaria de agradecer os comentários aqui, as mensagens no twitter e as muitas vezes que fui abordada com carinho na rua, não só por conta da gravidez mas, principalmente, por conta da criação deste blog. Fico muito feliz em alcançar as pessoas e, quem sabe, até ajudá-las durante sua gestação.

Como disse no primeiro post (“Um oi para começar”), adoro estudar, ler e me jogar nos assuntos pelos quais me apaixono. Nem preciso dizer qual é a minha maior paixão no momento, né? Existem muitos livros que auxiliam a mulher (e seu parceiro/a) durante a gestação e também depois dela. Como este blog fala das minhas experiências, gostaria de indicar os três livros que leio diariamente em busca de respostas.

 

“O Que Esperar Quando Você Está Esperando” (Heidi Murkoff, Arlene Eisenberg e Sandee Hathaway, B.S.N.) é um sucesso, com mais de 10 milhões de cópias vendidas no mundo todo. Esclarece dúvidas quanto aos estágios da gravidez e dá muitas dicas de exercícios, assim como um panorama bacana sobre o crescimento do bebê.

 

Enquanto não chega a hora de começar a lidar com os chorinhos (que, de cara, não saberemos identificar) e com outras bilhões de perguntas que nos cercam, podemos contar com outro livro que vai ajudando aqui e ali… Leio “A Encantadora de Bebês” (Tracy Hogg e Melinda Blau) e vou tomando notas, grifando, marcando páginas, para no futuro o fato daquela coisinha linda vir sem manual de instruções nos causar menos (ou nenhum, quem sabe) desespero hahaha.

 

Outro que é muito bacana porque acompanha o crescimento do bebê diariamente é a “Agenda da Gravidez” (Dra. A. Christine Harris). Traz, a cada dia da gestação, o estágio em que o bebê está, assim como o que pode estar acontecendo no corpo da mãe. Também registra fatos históricos sobre a maternidade e o parto em outras culturas. Fora que ajuda na confusão da contagem das semanas e fica mais fácil saber quando você entrou no mês seguinte!

Sei que esses livros não são acessíveis a todos. Eles podem, inclusive, ser um pouco salgados em uma fase que já estamos programando todo dindin dos próximos nove meses. Por isso, no próximo post trarei opções gratuitas, disponíveis na internet e em aplicativos de iPad e iPhone. Assim, não vai faltar auxílio para a sua doida curiosidade (como é a minha hahaha).

Esse material foi produzido para publicação em Veja SP

Comente!