Nossa viagem à Madrid!

No lindo Parque del Retiro. Viagem incrível!

No lindo Parque del Retiro. Viagem incrível!

Confesso que Madrid não foi o local que escolhemos para as férias com a Laura, mas o destino foi maravilhoso e nos jogou lá para felizes descobrirmos a cidade com olhos voltados para uma criança. Eu já havia ido algumas vezes, mochilando e com minha mãe, mas o foco era outro (museus e exposições, por exemplo, ainda não rola com a Laura). Nosso plano era levar a Laura para Disneyland Paris (antigamente chamada de EuroDisney) e visitar meu pai, que mora em Paris. Porém, sou uma fuxicadora de tarifas e acabou que indo por Madrid a passagem caía bastante (mesmo pagando o trecho interno separadamente – obrigada, Easy Jet! Hahah) e eu ainda poderia – pela data – dar um mimo pro marido (coisa que é de praxe em viagens nossas): coincidiria com um jogo do Real Madrid!

Colocando Madrid no foco, comecei as pesquisas todas. Encontrei blogs de mães madrilenas, comprei livro turístico (infelizmente não há ainda no Brasil nenhum livro específico sobre Madrid para pequenos, como achei de Paris, por exemplo) e me joguei no google 🙂

Nossa viagem, nossas dicas:

Livro: o bom e velho Guia Visual da Folha de SP de Madri não tem nada especialmente direcionado para crianças, mas os mapas são ótimos, assim como todas as descrições de lugares. Ah! E o mapa de metrô na última página, do tamanho ideal, é muito amor.

O livro que nos guiou junto com as pesquisas no Google :)

O livro que nos guiou junto com as pesquisas no Google 🙂

Clima: Agora em Maio pegamos dias bem quentes, de 27°C a30°C, mas o que chamou mais a atenção foi o clima MUITO seco. Compramos muita água o tempo todo e o spray nasal (usamos o Sorine Spray) foi de extrema importância (logo no primeiro dia meu nariz já machucou de tão seco).

Hotel: Na Booking.com achei um hotel 3 estrelas na Calle Toledo, o Hotel Ganivet, há apenas 10 minutos (andando) da Plaza Mayor (ou seja, Madrid Antiga, como eles chamam) e entre duas estações de metrô (usamos MUITO na viagem). Uma estação bem pertinho, mas sem escada rolante (Purta Toledo) e outra, no sentido oposto, mas com escadas rolantes (mais fácil acesso pro carrinho que alugamos – La Latina). A partir de junho esse hotel terá piscina (e que falta nos fez no calor que pegamos hahaha)

Carrinho: Como nosso plano era andar o máximo possível para conhecer e ir parando em playgrounds, praças e etc, ter carrinho era bem importante por conta da idade da Laura, para que ela tivesse um descanso. Porém, como compramos uma passagem Easy Jet (mega barata, mas com restrição de peso em bagagem – 20kgs por pessoa, pagos aparte da tarifa da passagem) e planejávamos pegar um trem do aeroporto de Paris para Disneyland, não levamos o da Laura e resolvemos alugar. Pagamos 42 € pelos 3 dias e meio de uso e aluguei através do site Baby Travelling. No site, escolhi o modelo, passei o número do cartão para autorizarem o valor “calção” (100 €) e o endereço para entrega e retirada. Ao chegar em Madrid, já recebi um email confirmando a entrega do carrinho (com capa de chuva) no hotel, com um envelope para colocar os 42 € no dia da retirada. Encontrei esse site em um blog que mostrava lugares do mundo todo para alugar carrinhos: http://viajocomfilhos.com.br/2014/11/aluguel-de-carrinho-de-bebe-e-cadeirinha-de-carro-pelo-mundo/

Dica no aeroporto: ao deixarmos o carrinho no hotel (e entrarmos pelo raio x especial para crianças, com lugar para brincar e tema lúdico) demos de cara com os carrinhos do aeroporto.  Para bebês de 6 meses à crianças de 15kgs, é só pegar e devolver na porta de embarque. Para quem vai comprar em duty free, comer e/ou esperar muito o  vôo, é ótimo ter essa alternativa pros pequenos!

Na saída de Madrid: um raio x especial e lúdico para crianças (Arca de Noé em cima, brinquedos onde está apontando a seta e atendimento fofo dos oficiais) e o carrinho que você usa a vontade e entrega no portão de embarque. A foto do raio x ficou tosca porque tomei bronca quando tirei hahaha

Na saída de Madrid: um raio x especial e lúdico para crianças (Arca de Noé em cima, brinquedos onde está apontando a seta e atendimento fofo dos oficiais) e o carrinho que você usa a vontade e entrega no portão de embarque. A foto do raio x ficou tosca porque tomei bronca quando tirei hahaha

Taxi: Só pegamos 2 vezes, do aeroporto e para o aeroporto. O restante fizemos a pé e de metrô. O táxi do aeroporto para o centro de Madrid tem preço fixo, de 30 €. Nessa busca, também encontrei um site que calcula tarifas de táxi no mundo todo: http://www.taxifarefinder.com/

Alimentação: a alimentação em Madrid é super barata. Não tomamos café no hotel nenhum dia (custava 13 € por pessoa) e preferimos ir aos lugares em volta do hotel (ou até na cafeteria do hotel) comer combos de suco + sanduíche ou torrada + bebida quente por cerca de 2.50 €. Fomos à alguns restaurantes bacanas que reservamos antes e aí sim pagamos mais, mas há muitas opções de menus a partir de 7 € com bebida, almoço e sobremesa espalhados pela cidade. Os espanhóis tem o costume de fazer tudo mais tarde então o normal para eles é almoçar a partir das 13hs (muitos restaurantes só abrem às 13hs, inclusive). Como estamos em fuso diferente, é preciso adaptar os horários direitinho da criança.

Ingresso do Jogo do Real Madrid: dica do meu primo português, a Ticket Bis foi impecável e não se baseia apenas em jogos, mas em shows e tudo mais. Escolha dos lugares, pagamento via cartão, informações o tempo todo via email (o jogo mudou de dia e hora apenas uma semana antes de acontecer, por exemplo), entrega no dia e hora previstos no hotel e atendimento (em português) maravilhoso. Para quem quer levar o filho (ou a família) em uma experiência deliciosa dessas, se jogue no Ticket Bis.

No Estadio Santiago Bernabeu: foi demais!!

No Estadio Santiago Bernabeu: foi demais!!

Passeios que amamos:

Madrid Antigo: o fuso lá estava em 5 horas a mais, ou seja, chegamos às 15hs (quando no Brasil eram 10hs da  manhã), então, assim que chegamos fomos direto andar por Madrid Antigo. Subimos os 10 minutos prometidos pela Booking.com (hahaha) e entramos na linda Plaza Mayor, onde almoçamos (comemos as famosas tapas (petiscos) no Museo del Jamón: super turístico, mas a fome era gigante). Passamos pelo Mercado de San Miguel (deveríamos ter comido lá, mesmo sendo de pé…), fomos à Puerta del Sol (onde fica o urso símbolo de Madrid – e fizemos disso uma brincadeira: “achar o ursinho”), assistimos um pouco de ópera no telão na Plaza de Oriente (o telão ficava na parede do Teatro Real, onde acontecem concertos clássicos – fiz esse vídeo no instagram) e terminamos a caminhada no Palácio Real (“olha o palácio do Rei, filha! O príncipe e a princesa moram aí!”). Caminhamos de volta para o hotel, tomamos banho, descansamos um pouquinho e saímos de novo para jantar.

Plaza Mayor, Madrid Antiga: muito amor (Laura quis um leque na rua e custou 2 )

Plaza Mayor, Madrid Antiga: muito amor (Laura quis um leque na rua e custou 2 €)

Puerta del Sol, os artistas de rua (e homens-estátuas) e o símbolo de Madrid (esse Urso lindo).

Puerta del Sol, os artistas de rua (e homens-estátuas) e o símbolo de Madrid (esse Urso lindo).

Parque del Retiro: Enorme, maravilhoso e cheio de atividades para os pequenos. A foto que abre esse post é de lá <3 Há barquinhos e bicicletas para alugar, teatrinhos (em espanhol, claro) espalhados pelo parque (você contribui com quanto quiser) e pelo menos 5 playgrounds gostosos, protegidos por árvores para o sol não esquentar muito a cabeça dos pequenos. O blog Desbravando Madrid fez esses posts completíssimos sobre o Parque del Retiro, que me fez ver quantos dias mais eu queria ter passado lá dentro para curtir tudo.

Farra no metrô (Laura acenava para todos os "maquinistas" quando chegava e dava tchau para todos os vagões antes de irmos hahah) e um dos 5 playgrounds do Parque del Retiro.Sempre com indicação de idade.

Farra no metrô (Laura acenava para todos os “maquinistas” quando chegava e dava tchau para todos os vagões antes de irmos hahah) e um dos 5 playgrounds do Parque del Retiro.Sempre com indicação de idade.

Teleférico + Parque de Atracciones: A fila foi grande, mas valeu a pena. Fomos de teleférico para o Parque de Atracciones, um parque de diversões bem gostoso em Madrid, que conta com uma Nickelodeon Land delícia, além brinquedos infantis e brinquedos mais emocionantes para os mais altos de 1.40m. O teleférico faz um passeio gostoso e com vista linda da cidade de Madrid e custa 16.10 € para adultos e 12.70 € para crianças, mas você pode optar em já comprar o passeio com a entrada do parque, aí sai 36 € o adulto e 26.50 € a criança. Vale bem mais a pena.

Arguelles-Teleferico-1

A vista do teleférico: delícia.

Nossa chegada foi de teleférico (e entramos pela porta principal do parque) e fomos embora de metrô (estação Batán) com saída ao lado da Nickelodeon Land.

Nossa chegada foi de teleférico (e entramos pela porta principal do parque) e fomos embora de metrô (estação Batán) com saída ao lado da Nickelodeon Land.

O Parque de Atracciones eu adorei com apenas um porém: a educação de alguns pais que furavam a fila ou que, na hora que chegava sua vez, gritava pra família que fazia um picnic no gramado e, do nada, entravam 8 pessoas na sua frente e você ficava pra próxima rodada… Depois de passar raiva umas 3 vezes, desencanei. Hahahah Por falar em picnic, há áreas ENORMES de picnic pelo parque e muitas delas com mesas grandes de madeira. Muito doido ver as mesas já com coolers e etc cobertos guardando o lugar para o lanche mais tarde e muita gente sentada no gramado fazendo de almoço ou lanche por ali. Cultural mesmo. O parque abre ao meio dia e fomos dos primeiros a entrar, o que ajudou muito na questão das filas. Madrid é um local onde as pessoas fazem tudo mais tarde. Como anoitece por volta de 21:30hs, a galera acaba indo mais tarde para o parque.

Vendo o parque pelo Zeppelin que "sobrevoa" parte dele: verde e absolutamente lindo.

Vendo o parque pelo Zeppelin que “sobrevoa” parte dele: verde e absolutamente lindo.

Logo na entrada há um painel com horários dos shows (tem Abba e outros) e de fotos com personagens da Nickelodeon (só o Bob Esponja fica direto do meio dia às 20hs).

O parque é absolutamente lindo, verde e dividido em 4 áreas: Maquinismo (logo na entrada principal) com montanhas russas e brinquedos mais emocionantes, para maiores de 1.40m; Tranquilidad com chapéu mexicano que sobe 80 metros de altura (equivalente a um edifício de 25 andares) que roda a 45 kms/h, um The Walking Dead Experience (medo) e outros brinquedos mais lights como um passeio de barco pela floresta e um zeppelin que “sobrevoa” preso a um trilho em cima) parte do parque; Naturaleza com brinquedos antigos, como em feiras (carrossel, aviãozinho tipo Dumbo da Disney, splash, carrinhos de montanha russa lights) e a deliciosa Nickelodeon Land, perfeita pros pequenos. Fomos na casa do Bob Esponja, Laura se acabou nos brinquedos da Dora (jipe), Botas (balões voadores), Padrinhos Mágicos (aviãozinho), Diego (ônibus), Jimmy Neutron (“elevador” de queda light), Rugrats (carrinho bate bate), trenzinho Nickelodeon e ainda mais. Mas a parte que fez mais sucesso para a Laura (fora o amor pelo Bob Esponja) foi a farra na água. Postei esse vídeo dela feliz da vida na água. Ela foi de calcinha mesmo e acabamos por comprar uma toalha lá (não estávamos preparados para esse momento ahahah). Como sempre levo troca na mochila, trocava a calcinha pela seca, colocava de volta a roupa, brincava mais e voltava a colocar a calcinha molhada e correr pra água. Hahaha Minha dica: levem biquíni/maiô/sunga pros pequenos, toalha e troca de roupa. A farra vale a pena demais!

De-mais!

De-mais!

Farra na água e muitas atrações temáticas para os pequenos. <3

Farra na água (Laura antes de se acabar, apenas observando hahah) e muitas atrações temáticas para os pequenos. <3

Como disse acima, vejam os horários de aparição dos personagens e se programem, pois os pequenos adoram tirar fotos com eles 🙂 Dentro do Nickelodeon, onde eles aparecem, tem outro painel com horários.

O painel com horários dentro da Nickelodeon Land para se programar para as fotos e Laura feliz com o Lula Molusco.

O painel com horários dentro da Nickelodeon Land para se programar para as fotos e Laura feliz com o Lula Molusco.

O Bob Esponja é o único que fica o tempo todo na casa dele, das 12hs às 20hs. Laura AMAAA ele e foi feliz (reparem no tamanho dela ao lado da casa hahaha)

O Bob Esponja é o único que fica o tempo todo na casa dele, das 12hs às 20hs. Laura AMAAA ele e foi feliz (reparem no tamanho dela ao lado da casa hahaha)

Depois de tanta farra, Laura capotou de sono e nós nos alternamos em montanhas russas e etc. Como lá não há Child Swap ou fila para quem vai sozinho, o jeito foi esperar na fila mesmo. Porém, há o Speedy Pass (o mesmo que o Fast Pass da Disney) em diferentes formatos: Gold (ilimitado), Silver (com acesso rápido à 19 atrações) e Family (com acesso rápido à 11 atrações). O valor é calculado apenas na hora, baseado em quantas pessoas estão no parque – igual acontece na Universal Studios e Island of Adventure – e você pode saber quais atrações estão incluídas aqui.

Para o mapa do parque, descritivo de cada atração e alimentação (tem pizza, kebab, fast food, pasta, sorvetes, yogurtería Danone e mais), acesse o site do Parque de Atracciones.

O bom e velho City Tour foi uma boa opção para nós que tínhamos apenas 3 dias e meio na cidade, sendo que um dele todo tomado pelo Parque de Atracciones. Fora que para os pequenos é uma maneira bem menos cansativa de ver tudo de mais turístico (e com informações em português no fone de ouvido). Há duas rotas e você pode descer e subir (e trocar de rota) quando quiser pelo dia todo (21 €) ou por 2 dias (25 €). Os preços não mudam se comprados na hora ou online. Pegamos a rota 1 e Laura dormiu em 5 minutos pois tinha brincado muito no Parque del Retiro (hahahaha). Depois do almoço, pegamos a rota 2 pois tinha um ponto na porta do Estadio Santiago Bernabeu e era o dia do jogo.

IMG_20150510_011420_red

Playgrounds: o que mais anda me encantando quando pesquiso cidades da Europa é isso: muitos playgrounds pelas cidades. Madrid não foi diferente: pelo menos 5 no Parque del Retiro, um delicioso na Plaza Oriente, outro na Plaza Santa Ana, outro no Templo de Debot… Isso foi o que conseguimos ir com o tempo que tínhamos.

Playground da Plaza Oriente (ao lado do Palácio Real) <3

Playground da Plaza Oriente (ao lado do Palácio Real) <3

Todos os playgrounds que fomos eram assim: informando as idades, o que não é permitido e também números de tel para ligar em caso de problemas nos brinquedos e acidentes.

Todos os playgrounds que fomos eram assim: informando as idades, o que não é permitido e também números de tel para ligar em caso de problemas nos brinquedos e acidentes.

Restaurantes: Reservamos 3 restaurantes que amamos ir.

– O clássico Casa Lucio onde o fofo do Sr. Lucio trabalha normalmente com seus quase 90 anos e comemos o delicioso Huevos Estrellados de Lucio (os pratos mais pedidos estão aqui);

– O mais antigo restaurante do mundo (com reconhecimento do Guiness) El Botín (o porquinho assado – COCHINILLO ASADO – é super famoso e Laura amou o Caldo de Aves (canja de galinha, só que sem arroz, pedaços de galinha ou legumes) e;

– O INACREDITÁVEL Ten con Ten, mais moderno e com pratos absurdos de bom (as entradas maravilhosas como risoto de sêmola (feito de massa, não de arroz arbóreo) com trufas e lagostin com curry e leite de côco nos deixaram loucos de amor pelo lugar hahaha).

aff me dá

aff me dá

Dica: se possível não levem carrinhos de bebês aos restaurantes pois não há espaço para eles (nós reservamos para jantar os 2 primeiros e deixamos o carinho em casa. O Ten con Tem foi almoço, mas antes do jogo de futebol, então, sem carrinho também).

O que não fizemos (planos futuros):

Descobrir outros playgrounds pela cidade;

Parque Warner: fica a aproximadamente 1hr de Madrid e, comprando o ingresso + ônibus, fica mais fácil ainda chegar (saindo de: Plaza Castilla, Moncloa, Principe Pío ou Legazpi). O ingresso online é bem mais barato e você encontra todos os valores aqui, assim como a opção do ingresso + ônibus gratuito. Ah! Se você pretende visitar o parque 2 dias seguidos, é só informar isso na entrada do parque que o 2º dia É GRATUITO (no link acima de preços, clique em Oferta 2º Dia). Existem também hotéis perto (e você pode comprar o pacote) e também planos de alimentação. Tudo pelo site, assim como mapas, descritivos dos brinquedos e etc; Lá há o fura filas como Fast Pass, chamado Beep Beep (do desenho Coiote <3 hahaha), com 3 opções: Baby (7 € e pode-se escolher quatro atrações do Cartoon Village e mais quatro outras voltas para usar em atrações sem pegar fila, com acceso rápido), Silver (12 € e apenas uma volta em determinadas atrações) e Premium (ilimitado, 29 €). E há também um plano VIP (com entradas, alimentação e Beep Beep – fast pass deles)

Warner Beach: o novíssimo parque aquático do grupo, inspirado na Califórnia dos anos 50 que fica dentro do Parque Warner  e que você paga apenas uma taxa a mais para entrar (6.90 € online antecipado ou 9.90 € no dia da visita, no parque);

Almoço no Filandón (lugar legal para os pequenos): mais distante do centro, esse lugar me encantou, mas não deu tempo de irmos. Parece que estamos no campo e há atividades e parquinho para os pequenos;

Outros Parques de Madrid, como o  Madrid Rio e tantos outros lugares ao ar livre que descobri no blog de mães de Madrid, o Mamma Proof nesse post.

Amei esse mapa de metrô turístico que você pega nas estações <3

Amei esse mapa de metrô turístico que você pega nas estações <3

Blogs que revirei do avesso:

– Desbravando Madrid: http://desbravandomadrid.com/

– Blog de maternidade de mães madrileñas, o Mamma Proof http://www.mammaproof.org (destaque para esse post específico sobre lugares para comer com crianças em Madrid (acabamos não indo à nenhum, mas é sempre bom saber).

Escrever esse post me fez querer voltar ontem para Madrid, me jogar em tudo de novo e conhecer ainda mais coisas. Quem sabe ir até Toledo, Barcelona… Viajar é tudo de bom e, olhar com os olhos da criança, é fazer uma viagem completamente diferente – e igualmente divertida e inesquecível <3

Em breve, posts sobre Disneyland Paris e Paris para crianças. Tem muitos posts no instagram do blog (é só clicar aqui do lado direito do blog) sobre a viagem, com fotos e dicas.

Bjokas!

Comente!