Paris: passeios e muitos playgrounds para os pequenos! – Parte 2

Feliz Dia das Mães, na cave Veuve Cliqcot, em Reims <3

Feliz Dia das Mães, na cave Veuve Cliqcot, em Reims <3

Olha, foi difícil selecionar fotos e resumir tudo que fizemos em Paris com a Laura. Por isso a demora no post, as mil atualizações antes de postar e tudo mais. Desculpae, gente hahahah

Nem vou me declarar mais para a cidade, para o post não ficar mais redundante do que já está. Vem ver mais razões pela qual Paris é, para mim, a melhor cidade para os pequenos <3

PASSEIOS

Torre Eiffel (claro) e região

Rodei quando pequena, chorei rodando com a minha pequena <3

Rodei quando pequena, chorei rodando com a minha pequena (olha a gente ali! hahah) <3

Muito mais do apenas a torre, a “praça” gigantesca onde ela está vale a tarde toda de passeio. Compramos o ingresso online, para não pegar filas (que podem ser de 2 à 4 HORAS de espera) no ParisBilhetes.com. Sim, é mais caro, mas para não pegar fila de tanto tempo, nós preferimos pagar. O valor do ingresso online é 38 € e dá acesso até o 3º andar da torre (o preço normal é 15 € se você quer acesso ao 3º andar e 9 € até o 2º andar). Crianças até 3 anos não pagam (não pediram documento da Laura, que tinha 3 anos e 4 meses e a galera do Blue Fox Tour garantiu que só paga a partir de 4 anos mesmo).

Você recebe o voucher por email e leva impresso por garantia. Eles pedem que você espere as pessoas da Blue Fox Tours na frente do carrossel em frente a Torre (só atravessar a rua, não atravessar a ponte) 15 minutos antes do horário que comprou o ingresso. Como nosso horário era 17hs, ficamos por ali, Laura rodou várias vezes no Carrossel (que eu amava quando ia pequena com minha mãe, então tinha essa memória afetiva ao ver a pequena rodando nele). Custa 3 € a volta e não tinha qualquer fila. Além disso, comemos um delicioso crepe de nutella e ficamos admirando o Rio Sena (e passeando por sua margem. Ao chegar na torre, Laura viu e… dormiu hahaha No ParisBilhetes você tem atendimento em português e pode comprar muitos outros passeios na cidade.

Chegamos de Tuktuk para almoçar ao lado da torre (o almoço eu dividi no post anterior e essa foto com Mamy e Laura também é de lá) e Laura que subiu na Torre - e logo dormiu HAHAHA

Chegamos de Tuktuk (falo mais abaixo) para almoçar ao lado da torre (o almoço eu dividi no post anterior e essa foto com Mamy e Laura também é de lá) e Laura que subiu na Torre – e logo dormiu HAHAHA

No dia seguinte voltamos para lá no fim de tarde e fizemos um picnic delicioso (frutas, pães, queijos, suco e etc em cima de um xale turístico escrito PARIS hahahah) atrás da torre, no gramado de Champ de Mars. Vimos um pôr do sol lindo e seguimos para os playgrounds de lá. Dois playgrounds grandes, um para menores de 6 anos e outro de 2 à 12 anos. Também havia duas quadras: uma de basquete e outra de futebol. 

Picnic com direito ao por do sol e muita diversão no Champ de Mars <3

Picnic com direito ao por do sol e muita diversão no Champ de Mars <3

Foto minha, com o celular, depois do picnic. Precisa dizer mais?

Foto minha, com o celular, depois do picnic. Precisa dizer mais?

Laura brincando pelo gramado do Champ de Mars, com a Ecolle Militaire ao fundo.

Laura brincando pelo gramado do Champ de Mars, com a Ecolle Militaire ao fundo.

São dois playgrounds grandes: na foto de cima e à esquerda na de baixo para "maiores" (de 2 à 12 anos) e outro para piticos até 6 anos.

São dois playgrounds grandes: na foto de cima e à esquerda na de baixo para “maiores” (de 2 à 12 anos) e outro para piticos até 6 anos.

Já pode voltar?

Já pode voltar? (mais uma do playground para os menores)

BATEAUX MOUCHE

Ali perto da Torre também ficam algumas opções de passeios de barco pelo Rio Sena. Laura AMOU o que fizemos no clássico Bateaux Mouche. Foi quase uma hora de passeio e compramos na hora mesmo. É possível também comprar online, não só o passeio como almoço e jantar no barco (é lindo de noite, com a torre iluminada!). O Bateaux Mouche parte da Ponte D’Alma e custa 13.50 € para os adultos, 6 € crianças abaixo de 12 anos e nadica para crianças abaixo de 4 anos (eba!). Para saber o valor do almoço, jantar e refeição especial com show a bordo, clique aqui.

Felizes no Bateaux Mouche <3

Felizes no Bateaux Mouche <3

Outra opção de passeio, que parte da frente da Torre Eiffel (Ponte) ou da catedral Notre Dame (Ponte), é o Bateaux Parisiens. Há o passeio normal, que também leva uma hora (14 € adultos, 6 € crianças menores de 12 anos e gratuito para menores de 3 anos), mas há também o passeio especial para crianças, o Cruzeiro Encantado (15 €) onde dois duendes, Lila e Philou, contam às crianças a grande história de Paris em canções e piadas. Um passeio de uma hora em um barco totalmente envidraçado com vista panorâmica sobre os mais belos locais de Paris, PORÉM é apenas em francês. E tem também opção de almoço e jantar a bordo (o Paris Bilhetes vende aqui).

A 3ª opção foi a que fiz com meu marido 7 anos atrás: o BatoBus. Ele para em 9 estações (veja aqui quais), custa 16 €, mas vale o dia inteiro e pode-se descer e subir quantas vezes quiser nessas 24 horas. Quando fomos, embarcamos na estação da Torre Eiffel, descemos na estação da Notre Dame, embarcamos e seguimos de novo. Bem legal. Crianças menores de 3 anos não pagam e entre 3 e 15 anos, paga apenas 7 €. Há o ticket de 2 dias também e ele custa 19 € apenas para o adulto e 10 € para as crianças entre 3 e 15 anos. Mais informações aqui. No BatoBus há também a caça ao tesouro para crianças de 7 a 12 anos, com livro de atividades, 7 charadas para resolver no percurso e brincadeiras (com 4 paradas específicas), mas, de novo: apenas em francês. Mais info aqui.

PRAÇAS E JARDINS

Jardin D’Acclimatation

Para tudo. Quero morar lá dentro. Hahaha Ficamos das 11:30hs às 16:30hs e não curtimos nem metade do parque. Antes de falar sobre, uma dica: se conseguirem chegar cedo como nós (ou mais cedo – abre às 10hs), melhor. Como anoitece tarde no verão, ao sairmos às 16:30hs, MUITA gente estava chegando e havia até confusão no trânsito. Curtimos demais chegando cedo e vou contar como foi.

Entrando de trenzinho <3 Que paixão!!

Entrando de trenzinho no Jardin D’Acclimatation (reparem no vagão só para carrinhos).

Há duas entradas no parque, a entrada principal (próxima à estação Sablons de metrô) e a que escolhemos: chegando de trenzinho pela “floresta”. Para essa opção, descemos na estação Porte Maillot de metrô e andamos até a linda estação de trenzinho. Você compra o ticket e pode optar para já pagar junto entrada do Jardin D’Acclimatation (5,90 €). Há um vagão só para os carrinhos irem, abertos, como um bagageiro ao ar livre.

O trem entra apitando pelo parque e te deixa na estação de dentro do Jardin. Você já se depara com dois jardins grandes, cheios de balanços, atividades, tirolesa, um mega brinquedão para maiores de 7 anos e uma casa para a atividade de Gymboree, para curtir com os pais, para crianças de 0 a 6 anos (não sabe o que é Gymboree? Expliquei aqui).

Logo na entrada, 2 playgrounds com muitos balanços, tirolesa, brinquedão...

Logo na entrada, 2 playgrounds com muitos balanços, tirolesa, brinquedão…

Vapores de água que saem do chão para refrescar os pequenos e a áea de espelhos divertidos na saída do Rio Encantado.

Vapores de água que saem do chão para refrescar os pequenos e a áea de espelhos divertidos na saída do Rio Encantado.

Seguimos pela alameda principal, onde jatos de vapor saiam do chão (e Laura gargalhava passando por eles e correndo de um pro outro) até chegarmos na “Rio Encantado” – um passeio gostoso em um barquinho que passa por uma floresta <3 Laura amou. Essa atividade foi paga a parte (3 €, a não ser os menores de 18 meses) e havia um pacote (que não consta no site então não achei para postar aqui) que incluía: trenzinho, entrada, Rio Encantado e mais alguma atividade: bem mais em conta.

Rio Encantado <3

Rio Encantado <3

Um pouco mais a frente o local onde ficamos hoooooras: o parque de diversões. Esqueça as montanhas russas complexas e filas enormes. Esqueça atrações como da Disney. Aqui as atrações são como aqueles parques ao lado de circos, em feiras do interior. Afora do Chapéu Mexicano (que eu fui e amei), havia apenas 2 ou 3 atrações que a Laura não entrava nem acompanhada por seres mais fortes. De resto, trenzinhos, jipes que subiam e desciam uma rota, carrossel, cavalo que trotava em um trilho… Uma delícia! Todos eles tinham uma placa com a altura não permitida, permitida apenas com responsável e altura a partir da qual a criança pode ir sozinha. Nessa parte, cada atração é paga individualmente e, quando acompanhado por um responsável, cada um paga uma entrada. Cada um custa 2,90 €, então acaba ficando mais em conta os carnês com 15 tickets (35 €), 25 tickets (55 €) ou 50 tickets (90 €). Nós compramos o de 15 e foi mais do que suficiente, já que Laura foi sozinha em maioria, eu fui em algumas e só fomos os 3 juntos em apenas uma atração (e olha que ainda gastei um sozinha no Chapéu Mexicano hahaha).

O pacote de ticktes eo cavalo que trota pelo trilho, como um carrossel livre <3

O pacote de ticktes eo cavalo que trota pelo trilho, como um carrossel livre <3

O Parque de Diversões dentro do Jardin D'Acclimatation, como parque de feira de atrações, circo...

O Parque de Diversões dentro do Jardin D’Acclimatation, como parque de feira de atrações, circo…

Dali, almoçamos no Jardin e fomos embora cansados (na volta preferimos pegar direto o metrô Sablons, andando algumas quadras depois de sair pela portaria principal – sem não antes a Laura correr e gargalhar mais pelos jatos de vapor). Mas, ao olhar o mapa vimos que não vimos nem metade das atrações do parque: grandes tirolezas, playgrounds, trilha “acrobata” , muro de escalada, free jump, área de jatos de água (como aquela em que Laura pirou em Madrid), passeios em dromedários e poneys, barquinhos para alugar e passear pelo lago, jardins, aviário e muito mais. Iria um segundo dia fácil.

Farra na água <3

Farra na água <3

Ah! Fica lá dentro também a maravilhosa Fundação Louis Vuitton (que o blog de viagens Viagem e Gastronomia descreveu tão bem aqui), com exposições bacanas para adultos, programação musical e até atelier para as crianças (essa aqui especial para os pequenos de 3 a 5 anos). Para saber o calendário de lá e se programar, clique acesse aqui).

Para mais informações sobre o Jardin D’Acclimatation, acesse http://www.jardindacclimatation.fr

Jardin de Tuileries

Sempre amei esse parque. A Champs Elisée termina nele (lado oposto do Arco do Triunfo), então, nas vezes que fui, caminhava até lá e ficava curtindo o sol deitada na grama, comendo alguma coisa. Infelizmente desmontaram a enorme roda gigante que ficou ali por anos. Não sei por qual razão, mas ela não existe mais.

Chegamos no Jardin pela Estação Concorde de metrô e entramos pelo lado da Champs Elisée mesmo. Laura já saiu correndo pelo parque. Eram 20hs, mas ainda estava de dia e fomos procurando a placa onde dizia “Aires de Jouex” (área de jogos ou playground). Encontramos camas elásticas bem legais, mas já estava fechado 🙁 Para pular na cama elástica, o ticket custa 2.50 € por 5 minutos e o pacote de 8 tickets custa 15 €.

20150515_202116_red

Pena que não chegamos em tempo :(

Pena que não chegamos em tempo 🙁

Um pouco mais pra frente, o playground incrível, daqueles modernos, com cordas e brinquedos que estimulam a criatividade e a coordenação motora das crianças. Na porta a indicação de idade de cada parte do playground.

Playground incrível do Jardin des Tuileries.

Playground incrível do Jardin des Tuileries.

Placa na entrada do playground, indicando as idades para cada parte do mesmo.

Placa na entrada do playground, indicando as idades para cada parte do mesmo.

Quando deu 21hs, os guardas do parque vieram avisar que o mesmo fecharia, então tivemos que sair pela lateral do mesmo, sem atravessá-lo por completo. Resolvemos andar até o Louvre para passear um pouco (Laura não curtiria ainda um museu daquele tamanho) e vimos um por do sol maravilhoso baixando no Arco do Triunfo. Para ir embora, pegamos o metrô Louvre-Rivoli (linha 1) que tem uma das mais belas estações do mundo, com réplicas de obras de arte que foram colocadas lá em 1968. Lindo demais!!

Por do sol às 21:30hs e volta pelo Louvre.

Por do sol às 21:30hs e volta pelo Louvre.

Linda estação de metro Louvre-Rivoli, com réplicas de obras de arte.

Linda estação de metro Louvre-Rivoli, com réplicas de obras de arte.

<3

<3

Jardin du Luxembourg

Outro parque apaixonante. Além de lindíssimo, com lago e gramados perfeitos, tem 2 playgrounds, além de quadras de tênis e basquete. Há também passeio na carruagem da Princesa, mas não encontrei (hahaha).

Sogrinha e marido nas belezas do Jardin du Luxembourg.

Sogrinha e marido nas belezas do Jardin du Luxembourg.

Há dois playgounds, um para os bem pequeninos e outro enooooorme para as crianças de 2 a 12 anos. Fiz um vídeo dele aqui. Nos apaixonamos por esse playground. É pago (2.50 € a criança e 1.50 € o adulto, mas por tempo indeterminado) e tem, além de brinquedões com escorregadores de diferentes alturas, uma tirolesa circular, um tanque de areia, cavalos de mola, gira-gira… Nem sei dizer quantas horas a pequena ficou lá dentro enquanto eu lia um livro e minha sogra passeava com meu marido. Como eu disse algumas vezes, o que me fascina nos playgrounds é o quanto pensam em estimular a criatividade e a coordenação motora. No tanque de areia, por exemplo, havia um brinquedão que tinha uma jarra presa à uma corrente. A criança enchia a jarra com areia, subia pelo brinquedo, puxava a jarra por uma roldana e jogava a areia dentro de um cano. A areia caia de volta no tanque, mas já em um montinho de areia que ia formando um morro grande. As crianças estavam pirando.

Tanque de areia e muitos brinquedos. (vejam o vídeo para ver o tamanho do playground)

Tanque de areia e muitos brinquedos (vejam o vídeo para ver o tamanho do playground).

Monmartre e Sacre Couer

Sacre Couer é uma Basílica enorme e maravilhosa no topo de um monte, no bairro de Monmartre. Aqui deixo uma dica: caso vá de metrô, bastante cuidado com a bolsa/mochila pois há uns adolescentes (maioria ciganos) que andam adorando furtar as pessoas. Meu pai já havia me mostrado uma foto para identificar e a única vez que vimos um grupo assim foi ao trocar de estação na Barbes para chegar na estação Anvers.

Chegando à estação Anvers, andamos até as escadas para subir para a igreja. Lá, adivinhem: mais playground e um delicioso carrossel <3 Enquanto esperávamos minha mãe e minha sogra, Laura deu suas voltas (2 € por volta) e brincou no playground.

Carrossel + playground antes de subir para a Basílica e o Trenzinho  que sobe para e desce da Basílica. Monmarte <3

Carrossel + playground antes de subir para a Basílica e o Trenzinho que sobe para e desce da Basílica. Monmarte <3

Subimos as escadas  e fomos rezar, agradecer por tudo. Outra opção delícia é o Funicular, que custa o mesmo que um bilhete de metrô e leva apenas 1 minuto e meio para subir até a Basílica – ou descer). Para cadeiras de rodas e carrinhos, é a única maneira (a não ser que se carregue o carrinho pelas escadas).

O Funiculaire de Monmartre

O Funiculaire de Monmartre

Passeamos pelas ruas do bairro, com diversos artistas de rua desenhando, grafitando e pintando as pessoas, assim como artistas cantando, e logo voltamos porque a fome estava grande. Me arrependo de não ter ficado mais tempo e curtido as dicas do Blog “Viajando com Pimpolhos”, como brincar na praça Tertre e almoçar por lá mesmo (post aqui), mas fica pra uma próxima.

Para descer, minha mãe levo a Laura no Pequeno Trem de Monmartre, uma passeio gostoso que desembarca lá embaixo, na Praça Pigalle. Das 10hs às 18hs, o trenzinho sai a cada meia hora no verão e a cada 45 minutos nas outras épocas do ano e custa 6.50 € para adultos e 4.50 € para crianças menores de 12 anos)

Por falar em igreja

Na nossa primeira manhã em Paris fomos direto visitar a Capela Milagrosa, na Rue du Bac. Agradecer pela vida, por tudo e ver essa capela pequena e linda, com seus mosaicos especiais. De lá, seguimos para Notre Dame, a grande catedral de Nossa Senhora e a “catedral do Corcunda de Notre Dame” <3) 

Na Capela Milagrosa (na Rue du Bac) e na Notre Dame. Gratidão <3

Na Capela Milagrosa (na Rue du Bac) e na Notre Dame. Gratidão <3

Tuk Tuk

Os TukTuk, os “taxis-bicicletas” estão por todo lado em Paris. Nessa manhã que fomos às igrejas, ao sairmos da Notre Dame, pegamos um TukTuk  para almoçarmos no Les Ombres. O preço foi salgadinho, 35 €, bem mais do que pagaríamos de taxi, mas a experiência foi uma delícia, de TukTuk pela beira do Rio Sena. Ah! A bicicleta é elétrica (ou seja, o cara não se acaba de pedalar com os passageiros em cima) e não polui o meio ambiente 🙂

Visita à Cave Veuve Cliqcot

A convite da Chandon do Brasil, fomos visitar a cave da Veuve Clicqot em Reims (há 1 hora de Paris) e conhecer o processo de fabricação e etc. Claro que não é um programa tão interessante para pequenos, mas Laura acabou se divertindo e fez perguntas como: qual era o nome da moça (da Veuve Clicqot hahaha) e se as uvas usadas eram as verdes ou as roxas (são as duas). Óbvio que uma viagem com criança deve ser direcionada à ela, mas também acreditamos que um ou outro programa pros adultos é saudável para todos e ajuda os pequenos a entenderem que eles têm sua hora. A foto que abre o post é do nosso brinde lá, o primeiro brinde de todos reunidos na viagem.

Nossa guia, Rafael, era brasileiro e explicou tudinho  no bom português. Para marcar sua visita, acesse http://www.veuve-clicquot.com/ e clique em contato.

BLOGS

Como falei no post anterior, fucei MUITO alguns blogs antes de irmos. Dois dos que mais fucei foram o Viajando com Pimpolhos e o Paris des Petits (ou Paris dos Pequenos). Se joguem nas muitas dicas deles 🙂

———————————————————————————————-

No próximo post, programas que ainda faremos na Cidade Luz, quando tivermos a chance de voltar.

Enquanto isso, já leu os posts de Madrid, Disneyland Paris e o primeiro post sobre Paris? Então, vem aqui http://mamaedeprimeiraviagem.com/?s=disneyland+paris&buscar= !!

Beijokas

Comente!

  • To apaaaaixonada por essas fotos ! rsrsrs, não vejo a hora de viajar com o meu ! 😀

  • Vocês são lindas demais! Amei as fotos e as dicas, já to doida pra ir pra Europa (principalmente Paris) com o Ben!!!